Páscoa da Ressurreição

Dom Wilson Tadeu Jönck
Arcebispo de Florianópolis

Os judeus, quando celebram a Páscoa, fazem memória das quatro noites da salvação. Na escuridão da noite e nas trevas do coração veio a luz para salvar. Recordar as obras do amor de Deus torna presente, hoje, as maravilhas do amor de Deus. Depois de lembrar cada uma das noites bebem o cálice da salvação.

A primeira noite lembra a criação. O mundo era deserto e vazio. As trevas o ocupavam. O Verbo, que é luz, o iluminou. A criação é o surgimento da grande luz. A segunda noite lembra a figura de Abraão. Não tinha filhos. Ele era idoso e sua mulher era estéril. O nascimento de Isaac trouxe luz para a sua vida. Lembra ainda a noite do sacrifício do filho. Neste momento os céus se abaixaram e Isaac pôde contemplá-lo. Seus olhos ficaram deslumbrados com a sua perfeição.

A terceira noite lembra a manifestação de Deus no Egito. Mata os primogênitos dos egípcios e salva os filhos dos judeus. E a quarta noite é a noite da Páscoa. É a noite preparada para a libertação de todas as gerações. Ao atravessar o Mar Vermelho o povo escolhido passa da escravidão para a liberdade.

Toda história da salvação do Antigo Testamento é uma figura da libertação realizada por Cristo com sua morte e ressurreição. Na noite da paixão de Jesus a Palavra ficou muda. Foi sepultada na terra. Foi a noite da desolação e da alienação mortal. A noite da paixão de Jesus é a noite dos três rostos: da traição, da entrega e do abandono. Nas escolhas fundamentais da vida, o  homem sempre está só. É na solidão absoluta diante do Pai que Cristo pronuncia o seu “Sim”- “não a minha, mas a tua vontade”. Os Padres da Igreja chamam este momento de “treva luminosa”.

A noite Páscoa de Jesus inunda o mundo todo com a luz do Messias, ressuscitado da morte para entrar no coração de todo ser humano. Acontece como com a gestação de um novo ser. A gestação não é o fim, e sim o nascimento. Na Páscoa nascemos para uma nova vida em Cristo ressuscitado.

 

O post Páscoa da Ressurreição apareceu primeiro em CNBB.


Fonte: Noticias da CNBB

Rede Excelsior de Comunicação

Leve a rádio sempre com você
Baixe nosso aplicativo

Some description text for this item

receba novidades por email
Assine a nossa newsletter

Some description text for this item

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.