Nova Mesa Administrativa e Conselho Econômico Fiscal da Devoção do Senhor do Bonfim tomarão posse no dia 17

Foto: André Machado / Lumina Comunição Integrada

Uma Missa Solene no dia 17 de fevereiro, às 7h30, marcará a posse da nova Mesa Administrativa e do Conselho Econômico Fiscal da Devoção do Senhor do Bonfim. Durante a Celebração Eucarística que será presidida pelo reitor da Basílica Santuário, padre Edson Menezes os 36 Irmãos eleitos renovarão o compromisso com a Igreja e com a perenidade do culto ao Senhor do Bonfim e Nossa Senhora da Guia.

Após a Missa, será realizada uma sessão especial da Assembleia Geral Ordinária quando os eleitos assinarão o termo de posse. De acordo com o Estatuto da Devoção, o mandato para as funções administrativas tem a duração de quatro anos e pode ser renovado por mais um quadriênio. Atualmente, o dr. Francisco José Pitanga Bastos, 95º juiz da Irmandade, conduz os trabalhos na Colina Sagrada e será reconduzido ao cargo para mais um quadriênio à frente da Devoção.
A Devoção do Nosso Senhor do Bonfim foi criada em 1745 por um grupo de leigos católicos com objetivo de propagar no Brasil a devoção ao Senhor do Bonfim e a Nossa Senhora da Guia. O fundador foi o capitão da Marinha Mercante portuguesa, Teodhósio Rodrigues Farias, que após salvar-se de um naufrágio fez promessas de construir um templo nos mesmos moldes do existente na cidade de Setúbal, em Portugal.
Ao longo desses quase 274 anos, a Devoção do Senhor do Bonfim além de propagar a fé e promover o culto ao Senhor do Bonfim e a Nossa Senhora da Guia, deu valiosas contribuições para o desenvolvimento da capital baiana e para o Estado da Bahia. Ainda hoje, a Irmandade permanece fiel ao compromisso de cuidar de um dos principais patrimônios materiais e imateriais do Estado. Para o juiz da Irmandade, a Devoção do Senhor do Bonfim é uma referência de solidez na fé, num tempo de relações fluídas. “As rápidas mudanças porque passa a humanidade neste século XXI, tornam as instituições católicas como é o caso da nossa Devoção, paradigmas do equilíbrio e do bom senso”, considerou.

Rede Excelsior de Comunicação

Leve a rádio sempre com você
Baixe nosso aplicativo

Some description text for this item

receba novidades por email
Assine a nossa newsletter

Some description text for this item

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.