CNBB

Nasce a nova Inspetoria salesiana Nossa Senhora da Amazônia

No dia 2 de fevereiro, em que a Igreja celebrou o Dia da Vida Consagrada, foi criada a nova Inspetoria Nossa Senhora da Amazônia, fruto da unificação das duas Inspetorias das Filhas de Maria Auxiliadora na região amazônica.

Segundo a nova inspetora, a irmã Maria Carmelita Conceição, “em meio à pandemia que ceifa milhares de vidas, nessa hora triste do nosso planeta, ecoam gritos de dor, sofrimento, mas uma pequena luz brilha nos olhos: é a esperança”. A nova inspetoria nasce movida pela esperança, sabendo da presença e auxilio de Nossa Senhora.

Neste dia, em que tem sido criadas as novas inspetorias salesianas no Brasil, segundo a irmã Carmelita, “o momento não nos permite euforias, mas não impede nosso coração de louvar a Deus que fez e continua fazendo maravilhas”. A Inspetoria Nossa Senhora da Amazônia nasce após uma caminhada que deu início em 2013, “são sete anos de caminho, esforços, renúncias e planos”, afirma a inspetora. Ela afirma que mesmo celebrando de maneira discreta, o coração está repleto de alegria, pois “Algo novo está nascendo!”.

Dadas as restrições vigentes na Arquidiocese de Manaus, a missa tem sido adiada para o momento em que segundo a religiosa, “pudermos manifestar nosso louvor e ação de graças ao Deus da Vida, como tempo de celebrar e alegrar-se”. A celebração tem sido de forma sincronizada em todas as comunidades da nova Inspetoria: de Salinas, no Pará a Pari Cachoeira, no Amazonas, quase na fronteira com a Colômbia, realizada na oração da manhã do dia 2 de fevereiro, segundo a inspetora, “com nossas velas acesas e corações atentos para acolher a novidade de Deus pelas mãos de Maria”.

O presidente do regional Norte 1, dom Edson Damian tem manifestado à irmã Carmelita e irmãs Filhas de Maria Auxiliadora, que “acompanhei com atenção e orações o discernimento que as duas inspetorias realizaram nos últimos anos em vista da unificação”. A diocese de São Gabriel da Cachoeira, onde é bispo Dom Edson, conta com uma forte presença das Filhas de Maria Auxiliadora, inclusive com um bom número de vocações.

Confira a notícia na íntegra no site do regional Norte 1.


Fonte: Noticias da CNBB

Artigos relacionados