CNBB

13º dia da Trezena de São Sebastião

Cardeal Orani João Tempesta
Arcebispo do Rio de Janeiro (RJ)

 

Irmãos e irmãs chegamos ao 13º dia da trezena em honra ao nosso glorioso padroeiro São Sebastião. Ao chegar a esse último dia da trezena, queremos agradecer a Deus por termos conseguido chegar até aqui e confiando na intercessão dele por cada um de nós. Que São Sebastião revigore em nós a esperança e reacenda em nós a fé.

Com certeza conseguimos uma graça muito especial com a realização da trezena por intercessão de São Sebastião. No último Domingo, dia 17 de Janeiro, foi aprovada pela Anvisa duas vacinas para a imunização do corona vírus, sendo que ontem, no Cristo Redentor foram imunizadas, sob a proteção de São Sebastião, duas cariocas. Pedimos muito durante a trezena a cura para a pandemia e que não tivéssemos mais tantas mortes por conta da doença e eis que um grande passo foi dado e a imunização começou nesta segunda feira dia 18 de janeiro, iniciando pelos profissionais de saúde e esperamos que em breve chegue a toda população.

Isso que aconteceu foi mais uma graça que São Sebastião nos concedeu nos últimos dias da trezena, provando que ele nunca nos desampara e sempre fortalece a nossa esperança. Que possamos estar preparados para viver esse novo normal e que o nosso padroeiro continue intercedendo por nós e nos auxiliando nas outras graças que necessitamos, particularmente, nos protegendo contra a peste, a fome e a guerra.

O subtema da trezena nesse dia é justamente o tema central da trezena que é: “São Sebastião mensageiro da esperança”, ou seja, devemos ter sempre esperança nos dias difíceis. Temos que trazer no coração a certeza de que os dias difíceis não durarão para sempre, eles passam e os dias alegres virão. Para isso temos que ter fé e acreditar, Deus não nos dá uma cruz maior do que a que podemos carregar, mas temos que carregar a cruz do dia a dia. E para cada dia basta a sua preocupação. Cabe a nós rezarmos e confiarmos que dias melhores virão.

O ano passado foi um ano difícil para muitas pessoas, devido a pandemia da Covid-19 muitos perderam emprego, muitos tiveram dificuldades de comprar alimentos e sustentar a sua família. Muitas pessoas passaram por momentos difíceis perdendo entes queridos e tendo muitos outros doentes. Mas, esse momento graças a Deus está passando, devemos pensar que o pior já passou, os dias ruins já passaram e devemos acreditar que dias melhores estão chegando, sobretudo com a imunização que está por vir, temos que estar preparados para viver o novo normal. E assim como São Sebastião sermos “mensageiros da esperança”.

O cristão católico é aquele que traz em si a esperança, pois Jesus Ressuscitou, venceu a morte, nos deu uma nova esperança na vida eterna. O nosso santo padroeiro testemunhou essa esperança animando e encorajando os cristãos que eram perseguidos e condenados pelo imperador. Muitos cristãos, porém, renegaram a sua fé e muitos outros se refugiaram em lugares afastados, mas ele permaneceu com a sua comunidade, auxiliando o bispo de Roma, o Papa Fabiano.

São Sebastião como sabemos era um soldado do império Romano, mas com seu testemunho falava de Jesus Cristo aos perseguidos e condenados. Devido a sua dedicação e seu empenho em falar de Cristo aos cristãos, o Papa Fabiano lhe concedeu o título de subdiácono, tornando-se um dos ministros da Igreja.

A esperança nos conduz a novos ideais que faz com que a vida se torne mais bela e digna, por meio da esperança abrimos novos horizontes e não ficamos parados, estagnados no tempo. Não podemos ficar apenas lamentando e vendo a dor e o sofrimento tomar conta do nosso íntimo, mas temos que tentar buscar o novo, continuar os nossos trabalhos diários e acreditar que a esperança vem de Deus, e por meio dela alimentamos a nossa fé.

A esperança é uma virtude cristã e essa deve acompanhar a nossa vida, ter esperança na vida eterna, na ressurreição dos mortos e esperança de que o mundo seja um lugar melhor para se viver. Não deixemos que os dias “maus” tire de nós a esperança em dias “bons”, pois os dias “maus” existem, porque mais adiante teremos mais dias “bons” para comemorar. Caminhemos sempre na esperança, uma prova dessa esperança que vem de Deus foi a aprovação da vacina contra o “corona vírus” que tivemos agora. É a esperança em dias melhores que se abre.

Rezemos pedindo a proteção de nosso padroeiro – Oração: Ó querido São Sebastião, que unistes vossos sofrimentos aos de Cristo e que, mesmo diante das perseguições, das ofensas, das injustiças e dos golpes de violência, conservastes vossa fidelidade e vosso amor a Jesus, sede o farol a iluminar nossos passos e a estrela a conduzir nosso caminho pelas estradas do bem e da verdade. Amém.

Nosso agradecimento a toda a equipe da guarda de São Sebastião que caminhou conosco nestes 13 dias. Ação de graças por todos os lugares aonde a imagem de nosso padroeiro peregrinou como bênção de Deus. Que todos os que colaboraram com esta Trezena sintam-se abraçados por mim e que Deus os abençoe!

Portanto, meus irmãos e irmãs que São Sebastião nos ajude a trilhar o caminho da esperança e da fé e nossa vida seja um farol de luz a todos que encontrarmos, que não sejamos escuridão para ninguém, mas testemunhas da esperança, da fé e do amor. Que nunca falte em nós a esperança para ajudar a animar os desanimados e aqueles que se encontram em aflição.

Celebremos com alegria a nossa festa do padroeiro amanhã dia 20, um pouco diferente este ano, devindo a pandemia. Mas no ano que vem se Deus quiser faremos uma grande festa ao nosso padroeiro, tudo se encaminha para isso. Acompanhe as celebrações desse ano por meio das redes sociais, TV e rádio e peçamos que São Sebastião olhe por cada um de nós e por nossa cidade do Rio de Janeiro. Haverá a carreata em honra de São Sebastião. Amanhã não é simplesmente um feriado, mas dia de nos unirmos em prece e pedir por nossa cidade do Rio de Janeiro.

São Sebastião, rogai por nós.

 

 


Fonte: Noticias da CNBB

Artigos relacionados