CNBB

Mesmo com a pandemia, 2020 da Comissão Vida e Família foi intenso

Para a Comissão Episcopal Pastoral para a Vida e a Família da CNBB, 2020 foi de muita intensidade, mesmo com os impactos da pandemia. Já nos primeiros meses, foram realizados encontros de articulação do trabalho de evangelização das famílias e cuidado com a vida que impactaram em resultados pastorais no decorrer do ano. Várias ações ocorreram em sintonia e com o apoio da Comissão Nacional da Pastoral Familiar (CNPF) e da Comissão de Bioética.

 

Fevereiro

No início do ano, foi realizada a primeira reunião presencial da Comissão Episcopal Pastoral para a Vida e a Família da CNBB com a nova formação após a 57ª Assembleia Geral da Conferência, em 2019, quando o bispo de Rio Grande (RS), dom Ricardo Hoepers, foi eleito presidente. A reunião ocorreu no dia 8 de fevereiro, em Brasília (DF). Na sequência, os bispos da Comissão, o assessor e o casal coordenador da Pastoral Familiar receberam a Equipe de Produção de Subsídios da CNPF. Os dois encontros foram realizados na sede da Secretaria Executiva Nacional (Secren) da Pastoral Familiar.

Entre os dias 13 e 16 de fevereiro, a Comissão Nacional da Pastoral Familiar (CNPF) realizou o I Encontro Nacional de Capacitação de Acompanhamento à pessoa com sequela pós-aborto. A iniciativa contribui com a formação de agentes pastorais, movimentos e serviços de todo o país.

No dia 17, a Comissão de Bioética esteve reunida na seda da CNBB e discutiu a proposta de Observatórios Regionais. Na ocasião, quando foi realizada a segunda reunião do grupo nomeado pela Presidência da CNBB, esteve na pauta, o trabalho em conjunto com a Comissão para a Vida e a Família.

 

 

Março

Dias antes da decretação da pandemia, a Comissão Vida e a Família e a CNPF buscaram aumentar o engajamento e a ajuda mútua na evangelização das famílias com os chamados Movimentos Familiares. Em um encontro, em Brasília, no dia 14, participaram representantes, entre casais e assessores eclesiásticos, do Movimento Famílias Novas, dos Focolares; das Equipes de Nossa Senhora; do Encontro de Casais com Cristo (ECC); da Aliança de Casais com Cristo (ACC); do Ministério para as Famílias da Renovação Carismática Católica (RCC); do Movimento Familiar Cristão e do Caminho Neocatecumenal.

Diante dos impactos da pandemia e a necessidade do isolamento social, a Comissão para a Vida e a Família continuou suas atividades durante a quarentena por meio de lives de oração e formação nas redes sociais e por meio da preparação de subsídios.

Dom Ricardo Hoepers conduziu as lives “Hora da Família” e “Hora da Vida” entre março e julho de 2020, aprofundando temáticas ligadas à família e a vida, entrevistando especialistas, padres e agentes de Pastoral. No total, foram 38 lives.

https://www.cnbb.org.br/vida-e-familia-lives-preparacao-subsidios/

 

 

Abril

Para celebrar a Páscoa em família, a Comissão ofereceu opções de roteiros para a participação das famílias nos ritos pascais, entre eles, o subsídio Celebrar em Família. No mesmo período, foi disponibilizado o subsídio Hora da Família com encontros mensais gratuitamente.

Ainda em abril, a Comissão Vida e Família convidou especialistas para debater sobre a Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 5581 em uma das lives “Hora da Vida”. Pautado para julgamento pelo Supremo Tribunal Federal, o processo tinha pontos que davam a possibilidade de descriminalização do aborto nos casos das mães que são infectadas pelo zika vírus. Dias depois, o presidente da CNBB, dom Walmor Oliveira de Azevedo, reforçou o entendimento de lutar pela vida ressaltado pelos participantes.

 

Maio

Inicialmente cancelado por conta da pandemia, o 10º Simpósio Nacional das Famílias ocorreu de forma online, com a reflexão do tema “Família e Educação” e o lema “…Crescia em Sabedoria, estatura e Graça diante de Deus e diante dos homens” (Lc 2, 52). As palestras estão disponíveis no canal da Pastoral Familiar no Youtube.

 

Junho

Em junho, o Instituto Nacional da Família e da Pastoral Familiar (INAPAF) deu um passo histórico quando iniciou a primeira turma que fez a formação totalmente online. Foi uma turma com mais de 250 participantes.

 

Julho

Em julho, foram abertas mais de 300 vagas do curso online sobre o Itinerário Vivencial de Acompanhamento Personalizado para o Sacramento do Matrimônio. O curso foi estruturado a partir do livro “Itinerário Vivencial de acompanhamento personalizado para o Sacramento do Matrimônio” e foi feito para ajudar os casais que acompanharão os noivos nas paróquias.

 

Agosto

Em agosto, a Comissão foi novamente chamada a ressaltar o valor da dignidade humana desde a concepção. Dom Ricardo Hoepers escreveu artigo questionando a decisão de interrupção da gravidez de uma menina de dez anos que sofreu abuso sexual, em São Mateus (ES).

“É uma história que precisa ser esclarecida. É um processo que precisa ser desvendado. Duas crianças que poderiam viver… teve laudo técnico a favor da vida, teve suporte profissional a favor da vida, teve hospital disposto a cuidar até o fim da gestação, tiveram todas as condições de salvar as duas vidas, mas, de repente, uma transferência, de um Estado para o outro, e toda uma mobilização para que o aborto fosse realizado. Nas mãos de quem ficou a tutela dessa menina, quem decidiu tudo por ela?”, questionou o bispo.

Também em agosto foi celebrada a Semana Nacional da Família, que teve como lema “Eu e minha casa serviremos ao Senhor”. Em todo o Brasil, famílias, comunidades e paróquias celebraram nas casas, nas Igrejas ou virtualmente este momento sobre a vocação à vida em família.

Setembro

Em sintonia com a iniciativa “Setembro Amarelo”, a Pastoral Familiar e a Comissão Vida e Família somaram-se às ações pela prevenção ao suicídio. O tema foi refletido nas atividades pastorais e numa série de lives promovidas pelo Setor Casos Especiais da Pastoral Familiar, conscientizando sobre a importância de cuidar da saúde mental.

 

Outubro

O mês das missões sempre tem início com a Semana Nacional da Vida, seguida do Dia do Nascituro. Em 2020, a Igreja no Brasil refletiu sobre o tema “A vida é missão” e a Comissão Vida e Família propôs para a primeira semana um reforço do tema da Campanha da Fraternidade, com o tema “Vida: dom e compromisso”.

A Semana Nacional da Vida deu destaque ao valor da vida humana, como dom de Deus, e à necessidade de promover o cuidado deste dom desde a concepção até o seu fim natural. Durante os primeiros oito dias de outubro foram promovidas algumas lives: uma com a Dra. Mônica Guarnieri Machado, que compartilhou sua experiência como médica na luta pela vida no Brasil e na África. No dia do Nascituro, uma live com o presidente da CNBB, dom Walmor Oliveira de Azevedo. Ele lembrou que o evangelho se desdobra no compromisso com a vida.

No dia 10 de outubro, a Comissão participou do 1º Encontro Virtual de Agentes de Pastoral Familiar da América Latina e do Caribe, promovido pelo Conselho Episcopal Latino Americano (Celam). Na oportunidade, apresentou a experiência da Pastoral Familiar no período da pandemia.

 

Novembro

Com o Tempo do Advento, que marca a preparação dos cristãos católicos para o Natal, foi lançada a campanha “Minha Família Acolhe o Menino Jesus”, para incentivar as famílias a prepararem o presépio, compartilhando nas redes sociais o ambiente preparado para recordar o nascimento de Jesus Cristo.

No mesmo mês, foi apresentada a nova proposta para o trabalho de promoção e defesa da vida desenvolvido pela Pastoral Familiar que ganhou o nome de “Serviço à vida” e consistirá numa ação contínua e permanente de articulação da Pastoral Familiar na promoção, defesa  e “cuidado” com a vida.

https://www.cnbb.org.br/comissao-vida-e-familia-articula-casais-cooperadores-do-servico-a-vida/

No dia 27 de novembro, o trabalho executado pela Pastoral Familiar no Brasil foi objeto de reunião com o Dicastério para os Leigos, a Família e a Vida. Os membros da Comissão Episcopal Pastoral para a Vida e a Família conversaram com representantes do Dicastério sobre como tem sido executado o serviço em diversas partes do país e de diferentes formas.

Dezembro

No dia 8 dezembro, foi lançado o subsídio Hora da Família – encontros mensais 2021, que continua aprofundar a dimensão da Família como Comunidade Eclesial Missionária, tendo como tema central “Família, casa da comunhão”, partindo do segundo pilar das Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil (DGAE 2019-2023), o pilar do PÃO.

No dia 21 de dezembro, a Comissão Vida e Família realizou uma live de encerramento das atividades de 2020, celebrando as conquistas do ano, que superaram as dificuldades impostas pela pandemia. Na ocasião, foi feita a apresentação do portal Vida e Família, novo endereço eletrônico da Pastoral Familiar e da Comissão Vida e Família da CNBB.

https://www.cnbb.org.br/comissao-vida-e-familia-e-pastoral-familiar-lancam-portal/


Fonte: Noticias da CNBB

Artigos relacionados