CNBB

Regionais Nordeste 1 e 2 realizam seminários virtuais da Campanha da Fraternidade Ecumênica 2021

Os regionais Nordeste 1 e 2 da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) realizaram o Seminário virtual de mobilização e formação da Campanha da Fraternidade Ecumênica (CFE) 2021. Os encontros virtuais, ambos promovidos pela Equipe Permanente de Campanhas, contaram com a participação de mais de 1.700 pessoas nos dias 10 e 11 deste mês, no caso do regional Nordeste 2, e 85 pessoas no dia 12, no caso do regional Nordeste 1 .

Nordeste 2

O seminário foi aberto com um momento de oração seguido da execução do Hino da CFE 2021 e da leitura do Evangelho. Após a abertura, o bispo da Diocese de Garanhuns (PE) e presidente do regional, dom Paulo Jackson Nóbrega, proferiu as palavras de boas-vindas. O religioso também é responsável pela Equipe de Campanhas da CNBB NE2.

A formação teve início a partir do tópico “VER”, conforme orienta o texto-base da campanha, sob condução do padre Egídio de Carvalho Neto, da Arquidiocese da Paraíba. O sacerdote apresentou um breve histórico das Campanhas da Fraternidade Ecumênicas já trabalhadas pela CNBB ao longo dos últimos anos. Logo depois, padre Egídio trouxe à reflexão os desafios e as realidades entorno da paz e da tolerância.

No segundo momento, o padre Pedro Igor, da diocese de Garanhuns, apresentou no tópico “CONTEMPLAR” algumas das diversas ações sociais desenvolvidas pelas dioceses que compõem o Nordeste 2. Foram iniciativas para alimentar a alma, como transmissões ao vivo de celebrações e momentos de oração e louvor, e também para alimentar o corpo, como a distribuição de alimentos e outros itens de extrema necessidade aos mais vulneráveis.

No dia 11, dom Paulo Jackson deu continuidade ao seminário apresentando o tópico “JULGAR”. O bispo trabalhou o tema a partir do estudo do texto da Carta de São Paulo aos Efésios e à luz da nova encíclica do Papa Francisco, Fratelli Tutti. Por fim, o padre Mathias Soares, da Arquidiocese de Natal, apresentou o “AGIR” com propostas concretas que devem ser implementadas por todos.

O Seminário virtual de mobilização e formação da CFE 2021, promovido pela CNBB NE2, está disponível no canal da diocese de Garanhuns no YouTube (www.youtube.com/pascomgus).

Nordeste 1

O momento formativo do regional Nordeste 1 foi realizado pelo padre Patriky Samuel Batista, secretário executivo de Campanhas da CNBB; Patrícia Amorim, da equipe de Campanhas do Regional Nordeste 1; padre Luís Sartorel, do Centro de Estudos Bíblicos do Ceará; e a Regilvânia Mateus, da Articulação das Pastorais Sociais, CEB’s e organismos.

Na ocasião, Patrícia Amorim explicou que os participantes tiveram a oportunidade de ter um momento de apresentação do histórico das Campanhas Ecumênicas trabalhadas ao longo dos últimos anos, saber sobre os objetivos desta de 2021 e também ter contato com o texto-base, norteador da formação.

“Tivemos as quatro paradas. A primeira foi a partir da fala do padre Patriky que contribuiu conosco, apresentando um pouco a realidade que estamos inseridos. Depois tivemos a participação do padre Luís Sartorel, onde pudemos fazer um diálogo sobre a carta de Paulo aos Efésios e, em seguida, tivemos a participação do pastor Mardes, da Igreja Betesda do Ceará, onde pudemos dialogar sobre o que nos une, quais ações que estamos realizando para construir essa unidade, para que a gente quebre esses muros”, disse Patrícia.

Ainda de acordo com ela, foram apresentadas algumas ações que o regional já desenvolve em parceria. Além disso, a Regilvânia Mateus, da Articulação das Pastorais Sociais, CEB’s e organismos, pôde apresentar a partir do lugar de fala das Pastorais Sociais como estão sendo desenvolvidas ações relacionadas a essa perspectiva da unidade cristã.

“Acreditamos que foi um momento muito positivo, muito produtivo, onde todas as dioceses participaram de forma ativa e temos fé de que essa Campanha de 2021, mesmo diante do contexto atual, de que vamos conseguir construí-la de forma muito fraterna, solidária, e  com unidade entre as Igreja Cristãs. É o que esperamos e que tenhamos muita sorte nisso”, finalizou Patrícia.

 

Com informações do regional Nordeste 2


Fonte: Noticias da CNBB

Artigos relacionados