CNBB

O reinado de Cristo na minha vida

Dom José Gislon
Bispo de Caxias do Sul

 

Estimados irmãos e irmãs em Jesus Cristo. Com a celebração litúrgica da Solenidade de Cristo Rei do Universo, queremos como Igreja, comunidade de fé, recordar os direitos reais de Cristo e os benefícios da sua realeza na vida dos homens. Quando não permitimos ou não aceitamos o reinado de Cristo na nossa vida de fé, temos a ausência da paz, que causa dor e sofrimento ao ser humano, e tira deste a dignidade de viver a vida como dom de Deus.

A solenidade de Cristo Rei nos oferece uma grande ocasião para uma reflexão pessoal e comunitária, que nos leva a perguntar: Cristo reina no meu coração e na vida da minha comunidade? Sou uma pessoa atenta e preocupada com o bem de todos aqueles que vivem ao meu lado? Precisamos ter presente, no nosso coração, que Cristo é o Rei do Universo, que reina não seguindo a lógica do mundo, de poder e força, mas a lógica de Deus, do amor serviço, que doa a vida na cruz por todos nós, para que nos tornemos irmãos. O reinado de Cristo segue a lógica do Evangelho, defende a dignidade e a vida do outro, porque ser filho e filha de Deus.

Queridos irmãos, Jesus Cristo reina e continuará reinando através do tempo e da história quando, na nossa vida pessoal, na nossa família e na nossa comunidade, trabalharmos para tornar possível um relacionamento mais humano, que trate o outro com dignidade. Na vida é preciso saber acolher as diferenças para poder reconciliar os corações aflitos e dilacerados pela falta de diálogo, de amor, de caridade, de compreensão em relação aos erros e fragilidades dos outros, lembrando que sem o perdão é difícil a reconciliação, porque se nega ao que errou o direito de recomeçar.

Eu não posso pretender ser filho de Deus sem defender a dignidade do meu irmão, que também tem a Deus como Pai. Quando acolhemos e aceitamos que a graça de Deus possa agir em nós e através de nós, estamos trabalhando para que o Reino de Deus, que nós recordamos no Pai Nosso, vá acontecendo no meu coração, na minha família e na comunidade. Deixemos Jesus Cristo reinar em nossos corações, para podermos também um dia participar do seu Reino de glória.


Fonte: Noticias da CNBB

Artigos relacionados