CNBB

“Nossa Igreja do Regional não parou, ela continua viva e atuante”, diz dom Vasconcelos

Conselho Episcopal Regional 2020 do regional Nordeste 1 realizou-se de forma virtual, através do google meet, entre os dias 11 e 13 de novembro. A proposta para ser trabalhada neste CONSER, foi o Pilar da Palavra, tendo como pontos de reflexões as Diretrizes do Regional (2019-2023) e a Síntese do Instrumental do Pilar da Palavra, desenvolvido pela assessoria do Regional. A pauta da reunião ainda consta de trabalhos em grupos e encaminhamentos para o triênio (2021-2023).

A abertura da reunião teve a palavra do presidente do Regional, dom Vasconcelos, que proferiu: “nosso CONSER começou com a privativa dos bispos, onde nós exercitamos nossa colegialidade e agora nosso CONSER se prolonga neste aspectos sinodal. É com muita alegria que não obstante, ou apesar dessa pandemia que nos impede do nosso encontro vivencial, do nosso contato pessoal, nós nos encontramos mesmo virtualmente. Esse encontro demostra que nossa Igreja do Regional não parou, ela continua vida, atuante, e hoje nos reunimos para dá procedimento aquilo que iniciamos, ao nosso Plano de Evangelização Regional, nos detendo na reflexão do Pilar da Palavra“, expressou.

ORAÇÃO E MÍSTICA 

“A questão sinodal que dom Vasconcelos falava, esse encontro de estamos juntos como Regional, como Igreja, nossa oração traz isso a construção do Corpo Místico, unidade na fé, essa busca constante.”, refletiu Pe. Ivan Souza, coordenador da Comissão para Liturgia, responsável pelos momentos orante do CONSER.

APRESENTAÇÃO DO PLANO DE EVANGELIZAÇÃO REGIONAL 

A apresentação das Diretrizes do Regional, faz uma abordagem de memória daquilo que foi programado na 22ª Assembleia Regional, realizada em outubro de 2019. Patrícia Amorim e Pe. João Vasconcelos, assessores do Regional, se debruçaram na temática de visualização dessas Diretrizes. “Preparamos uma apresentação trazendo um sumário para que todos tenham conhecimento desse Plano. Uma novidade para esse Documento, achamos importante trazer a dimensão do ‘Planejamento, Monitoramento e Avaliação’ e no final apresentasse as Comissões Episcopais“, nos diz Patrícia Amorim, assessora regional.

 

Confira a notícia na íntegra no site do regional.


Fonte: Noticias da CNBB

Artigos relacionados