CNBB

Grupo de assessores da CNBB conhece nova plataforma de gestão de projetos pastorais

O Grupo de Assessores da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) esteve em videoconferência na manhã desta segunda-feira, 26 de outubro, para a penúltima reunião do ano. Na oportunidade, foi apresentada a proposta de reformulação da plataforma de serviços e gestão de projetos pastorais da CNBB, entre outros temas.

Novo “Servico”

Conhecido como Servico, o ambiente on-line para gestão de projetos das Comissões Episcopais Pastorais e outras funcionalidades passou por um processo de reformulação e atualização conduzido pela Assessoria de Gestão e o Departamento de Tecnologia da Informação da CNBB, com o apoio de assessores.

A partir do próximo ano, estará disponível a plataforma com novas opções que pretendem aprimorar o processo de gerenciamento dos projetos pastorais das comissões. A ferramenta deverá ser rebatizada e também estará habilitada para dispositivos móveis.

“A nova proposta da plataforma Servico nos proporciona mais objetividade e agilidade na preparação dos projetos das Comissões, além de garantir dinamicidade e transparência, aspectos importantes numa boa gestão pastoral”, comenta o subsecretário adjunto de pastoral da CNBB, padre Marcus Barbosa Guimarães.

Retiro

Os assessores das Comissões da CNBB também definiram datas para seus momentos de formação e espiritualidade, e sugeriram nomes de pregadores. No próximo ano, o retiro anual terá dois momentos: em fevereiro, de forma virtual, uma manhã de espiritualidade. Depois, em setembro, a expectativa é realizar o retiro presencialmente, de acordo com as possibilidades de segurança sanitária. A ideia é que o retiro aconteça entre os dias 23 e 25 de setembro, em Brasília (DF).

Comunicados

A reunião virtual também foi ocasião para comunicados gerais a respeito das ações da CNBB e das comissões. Logo no início do encontro, foi apresentado o protocolo de segurança para os próximos meses na sede da CNBB, em Brasília, onde serão reduzidas ao mínimo as atividades presenciais a partir de 11 de dezembro de 2020 até 31 de janeiro de 2021, período de férias.

A loja da Edições CNBB que funciona na sede da Conferência, no Setor de Embaixadas Sul, será reaberta dia 3 de novembro, com bênção de novas instalações, e permanecerá aberta durante todo o período de dezembro a janeiro, de acordo com calendário específico a ser definido pela editora.

O secretário-executivo de Campanhas da CNBB, padre Patriky Samuel Batista, falou da Campanha É tempo de Cuidar da Evangelização, que consiste na mobilização para a Coleta do Bem. A iniciativa reúne as Coletas para a Solidariedade e para a Evangelização neste ano de 2020. Além das formas tradicionais de arrecadação para projetos sociais e pastorais, haverá um site específico para facilitar as doações digitais.

Acolhida

Durante a reunião, os assessores acolheram o novo diretor do Centro Cultural Missionário (CCM), padre Djalma Antônio da Silva. O bispo auxiliar do Rio de Janeiro (RJ) e secretário-geral da CNBB, dom Joel Portella Amado, deu as boas-vindas: “Hoje, com muita alegria, nós recebemos padre Djalma com essa pequena missão de fazer do CCM, ainda mais do que é, um grande núcleo de irradiação missionária”.

Pe Djalma Antônio da Silva

Dom Joel também comentou sobre a mudança na identidade civil e canônica do então organismo da CNBB, que agora faz parte da estrutura da entidade como uma filial: “A Presidência passada deu início ao processo e agora preparamos um regulamento que já regularizado e hoje o CCM é uma filial junto com as Edições e os Regionais também”.

Padre Djalma manifestou alegria pela acolhida e pediu orações para a missão que agora inicia no CMM. “É um prazer imenso estar com vocês”, disse o missionário verbita.

O post Grupo de assessores da CNBB conhece nova plataforma de gestão de projetos pastorais apareceu primeiro em CNBB.


Fonte: Noticias da CNBB

Artigos relacionados