CNBB

Em reunião ampliada, Comissão para os Ministérios Ordenados reflete sobre “os novos tempos e uma nova igreja”

Este ano a Comissão Episcopal Pastoral para os Ministérios Ordenados e a Vida Consagrada da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) realizou sua reunião ampliada por videoconferência, devido à pandemia do coronavírus, nos dias 19 a 22 de outubro.

Lucas Galhardo
Lucas Galhardo, residente em Caieiras (SP)

A iniciativa além de contar com a presença dos membros da Comissão (assessores e bispos), contou também com a participação de representantes de todos os organismos que a compõem, como é o caso da Comissão Nacional dos Diáconos (CND); a Comissão Nacional dos Presbíteros (CNP); a Conferência Nacional dos Institutos Seculares do Brasil (CNIS); a Conferência dos Religiosos do Brasil (CRB); Organização dos Seminários e Institutos do Brasil (OSIB) e a Pastoral Vocacional / Serviço de Animação Vocacional (PV/SAV).

O casal, Renata Lagrotta Franco e Francis Franco, residente em Campinas (SP)
O casal, Renata Lagrotta Franco e Francis Franco, residente em Campinas (SP)

No primeiro dia, 19, para refletir sobre os novos tempos e uma nova Igreja, foram convidados um jovem e um casal. O casal, Renata Lagrotta Franco e Francis Franco, residente em Campinas (SP) falou especificamente sobre “Como a sociedade vê a Igreja e o que espera da Igreja neste tempo de pandemiaou pós-pandemia?”.  Já o jovem, Lucas Galhardo, residente em Caieiras (SP), tratou sobre “Como o jovem vê a Igreja e o que espera da Igreja?”.

Muitas inquietações foram colocadas segundo o assessor da Comissão, padre Juarez Destro. “Foram temas bastante apreciados pelos presentes porque revela, de certa forma, como que a sociedade vê a igreja nessa divisão política que é percebida atualmente”.

Segundo o padre João Cândido Neto, também assessor da Comissão, a reflexão dos convidados trouxe uma grande provocação sobre o que a sociedade está fazendo para a Igreja. “A igreja deve buscar o que é essencial. O momento atual deve levar a igreja a uma evangelização cada vez maior e na busca do que é essencial, procurando seguir sua identidade e missão”, disse.

Já sobre o que os jovens esperam da igreja, padre João Cândido afirmou que as reflexões apontaram que os jovens querem se sentir úteis, acolhidos. “O que ficou na reflexão dessa reunião é que a Igreja precisa cada vez mais se dedicar na busca daquilo que é essencial, na busca da comunhão e missão”, comentou.

Organismos – Os outros dois dias, 20 e 21, foram reservados aos encontros por organismos, com a presença do bispo referencial e assessores da comissão. “Cada organismo abriu sua sala. Os bispos e os assessores se subdividiram”, explicou o padre Juarez. De acordo com ele, o objetivo era o de fazer um planejamento para 2021.

Nesta oportunidade, padre João Cândido disse que cada organismo aprofundou o tema proposto “para um novo tempo e uma nova igreja” e também alguns organismos como a CRB, CNIS, refletiram sobre a carta do Papa Francisco, a Fratelli Tutti. “Todos os organismos fizeram uma avaliação de 2020 e também apresentaram uma programação para o ano 2021”, completou.

Dia conclusivo – O último dia, 22, foi conclusivo. Reuniu a presidência de cada organismo (presidente e seu conselho). “Cada organismo teve 10 minutos para partilhar o resultado das suas reuniões específicas e eu diria que o destaque maior seria a definição do tema “Cristo nos salva e nos envia” e lema “Quem escuta a minha palavra possui a vida eterna” (cf. Jo 5,24)” do mês vocacional para 2021 e também o 25º dia da Vida Consagrada que será celebrado em 2 de fevereiro, onde a intenção é fazer algum subsídio em parceria com alguns organismos”, revelou o padre Juarez.

A novidade gira também em torno da realização de um pós Congresso Vocacional do Brasil, que acontecerá por videoconferência, aberto a todos os animadores vocacionais do Brasil. A proposta é que o evento seja realizado em novembro, numa data ainda a ser revelada. Além disso, cada organismo pôde fazer a partilha das experiências desse ano e também as perspectivas para o ano de 2021.

 

 

O post Em reunião ampliada, Comissão para os Ministérios Ordenados reflete sobre “os novos tempos e uma nova igreja” apareceu primeiro em CNBB.


Fonte: Noticias da CNBB

Artigos relacionados