CNBB

Festa de São Miguel Arcanjo é celebrada nesta terça-feira, 29 de setembro, com restrições por causa da pandemia do coronavírus

O dia 29 de setembro foi escolhido pela Igreja para unificar a celebração da festa solene dos três arcanjos: Miguel, Gabriel e Rafael. De acordo com a teologia católica, esses três arcanjos estão ao redor de Deus servindo como mensageiros.

Entre ele, São Miguel se destaca como o Príncipe da Milícia Celeste, por sua missão de proteger os fiéis nas lutas contra satanás e seus anjos do mal. Segundo a tradição judaico-cristã, o nome do Arcanjo Miguel tem como significado em hebraico: “Quem como Deus”. Essa foi a frase que ele gritou no combate primitivo dos anjos de Lúcifer contra os anjos de Deus.

Reprodução TV Aparecida

O bispo de Paranaguá (PR) e presidente da Comissão Episcopal Pastoral para Liturgia da CNBB, dom Edmar Peron, disse em uma de suas homilias que a Igreja tem como tradição a compreensão de que anjo é mensageiro e São Miguel é um deles.

“Hoje nós celebramos conjuntamente São Miguel, São Rafael e o anunciador São Gabriel. Eles nos ajudam a entender que Deus vem ao nosso encontro, comunica-nos a sua palavra, revela-nos o seu projeto e nós, à medida em que caminhamos, vamos acolhendo para nossa vida a palavra do Senhor. Quando nós acolhemos em nossas vidas a Palavra do Senhor, nos tornamos mensageiros de Deus, missionários, anjos de Deus para os irmãos e irmãs”, destacou.

No Brasil, a devoção a São Miguel e a quaresma (quarenta dias) dedicada a ele tem ganhado cada vez mais força por causa da súplica de sua intercessão e proteção. Dom Edmar apontou ainda na homilia que falar da fé é uma parte da missão do cristão que é também mensageiro, aquele que socorre o irmão.

“Quem como Deus para nos socorrer? Mas, também como Ele, quem vai fazer com o irmão, a irmã caída? Algumas vezes nós nos aproximamos dessas pessoas, outras vezes somos nós que precisamos de que alguém se aproxime de nós e seja mensageiro de Deus naquele momento da nossa vida. Nós mesmos temos necessidades de que alguém seja anjo para nós, mensageiro de Deus para nós”, ressaltou.

Em Itapetininga (SP), onde fica a Basílica de São Miguel Arcanjo – única no Brasil dedicada ao Arcanjo – este ano vai celebrar a festa solene com várias restrições por causa da pandemia do coronavírus. Atendendo todas as normas sanitárias, a paróquia aumentou o número de missas, mas para participar é necessário agendar antes. Nesta terça-feira, uma carreata levando a imagem de São Miguel Arcanjo, sairá pelas ruas da cidade. A concentração será às 18h em frente a Basílica.

O post Festa de São Miguel Arcanjo é celebrada nesta terça-feira, 29 de setembro, com restrições por causa da pandemia do coronavírus apareceu primeiro em CNBB.


Fonte: Noticias da CNBB

Artigos relacionados