CNBB

“A pessoa consagrada é expressão do seu diálogo com o Senhor”, afirma dom João Müller

A terceira semana do mês de agosto, de 16 a 22, é dedicada à vocação das pessoas de vida consagrada (aqueles que fazem os votos de Castidade, Pobreza e Obediência). Por ocasião desta vocação específica, o arcebispo de Campinas (SP) e membro da Comissão para os Ministérios Ordenados e a Vida Consagrada da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), dom João Inácio Müller, gravou um vídeo, com exclusividade, para o portal da Conferência.

No vídeo, dom João afirma que a vocação começa com a original visita de Deus. “Ele faz visita. A pessoa vai percebendo que Deus é seu viver, seu rumo, presente e futuro, coisa de paixão irresistível, plenitude, sabor. Deus é assim, o óbvio da vida, no dia a dia de cada instante, é vida divina na pessoa, e a resposta ao amor se torna a vida consagrada, seja ser de Deus, para Deus e conforme Deus”, salienta.

 

Hoje, o arcebispo comenta que as estruturas da vida consagrada querem favorecer a resposta ao amor experimentado. E que cada pessoa, a partir de Jesus Cristo encontrado, vai ensaiando sua resposta ao chamado amoroso.

“A Vida religiosa, a vida da pessoa consagrada tem nome: é Cristo, é uma pessoa. A vida do dia a dia em diálogo amoroso com a pessoa de Jesus Cristo. Nós somos amados por Deus e chamados a privar com o Senhor e, assim, sermos enviados por ele, em nome dele, na força dele, aos lugares por onde ele mesmo deve ir para proclamar nos telhados o que ele vai recebendo, revelando”, afirma dom João.

Ainda, conforme o arcebispo, a pessoa consagrada é expressão do seu diálogo com o Senhor. “Sua vida é exegese do Senhor que ama e chama. Importante, pois, é manter o nosso olhar em Jesus. Quem mantem o olhar fixo em Jesus, aprende a viver para servir. Deus sempre viveu e viveu para servir e sempre viverá para servir. A glória de Deus é o amor, é a vida entregue. O segredo é não se afastar do Senhor e não deixar de caminhar por onde o Senhor caminha, assim no dizer do Papa Francisco, os religiosos e as religiosas são chamados a tornar presente no mundo o olhar do altíssimo, o olhar para a compaixão, o olhar que vai a procura dos distantes, que não condena, mas encoraja, liberta e consola”, diz.

E por fim, dom João Inácio saúda e agradece os irmãos e irmãs religiosas. “Obrigado por se deixar amar e chamar por Deus. Eu diria muito obrigado por ser, permita-me, amostra grátis do céu, da vida, da Santíssima Trindade, da bondade do Altíssimo”, finaliza.

Semana Nacional da Vida Consagrada

A Semana Nacional da Vida Consagrada, a partir deste ano, é uma novidade no mês vocacional e está sendo organizada pela CRB (confira aqui a programação), a partir do tema do mês vocacional “Amados e Chamados por Deus”.

Segundo a presidente da CRB, irmã Maria Inês, a iniciativa foi pensada não somente para celebrar no terceiro domingo de agosto, o dia do/a religioso/a, como também destinar toda a terceira semana para celebração, formação e divulgação da vocação à vida consagrada.

O post “A pessoa consagrada é expressão do seu diálogo com o Senhor”, afirma dom João Müller apareceu primeiro em CNBB.


Fonte: Noticias da CNBB

Artigos relacionados