CNBB

Dia da Vida Consagrada

Dom Eurico dos Santos Veloso
Arcebispo Emérito de Juiz de Fora (MG)

 

“Que a Igreja sinta nossa presença de consagrados e nos ajude a caminhar segundo aquilo que o Evangelho pede” (Cardeal Braz de Aviz).

Ao continuar este mês de agosto instituído desde 1981, pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), como o mês Vocacional, onde é dedicado todos os dias deste mês à oração, reflexão e ações das comunidades direcionado aos temas vocacionais, nesta terceira semana, dedicamos nossas orações para a Vocação    da Vida Consagrada: religiosos e religiosas; homens e mulheres que foram chamadas por Deus para vivenciarem e dedicarem as suas vidas ao serviço do Senhor e a humanidade. Onde tal consagração assumem a missão do seu Instituto, Ordem ou Congregação, através dos votos de Obediência, Castidade e Pobreza.

“Na diversidade e especificidade de cada vocação, pessoal e eclesial, é preciso escutar, discernir e viver a Palavra, que nos chama do Alto e, ao mesmo tempo, nos permite render nossos talentos, fazendo de nós instrumentos de salvação no mundo e orientando-nos à plenitude da felicidade” (Papa Francisco). Ora, o início da Vocação Consagrada é dado através do encontro com o Cristo, mantendo viva este chamado à vida espiritual e do serviço.

Nas palavras do Papa Francisco: “(…) enquanto a vida do mundo procura acumular, a vida consagrada deixa as riquezas que passam, para abraçar Aquele que permanece. A vida do mundo corre atrás dos prazeres e ambições pessoais, a vida consagrada deixa o afeto livre de qualquer propriedade para amar plenamente a Deus e aos outros. A vida do mundo aposta em poder fazer o que se quer, a vida consagrada escolhe a obediência humilde como liberdade maior”.

Quero manifestar meu sincero agradecimento ao generoso e magnífico trabalho feito pelos religiosos e consagrados nos Hospitais, Casas de Saúde, Casas de Repouso, Clínicas de Recuperação, enfim, para todos os operadores e trabalhadores da saúde que unem os conselhos evangélicos da pobreza, obediência e castidade na doação plena a todos os que estão sofrendo neste tempo difícil da pandemia da COVID-19. Continuem firmes e contem com nossas orações e proximidade espiritual. O seu testemunho deve ser o bom odor suave do Santo Evangelho da Vida. Vamos continuar defendendo a vida desde o nascimento até o seu termo natural!

Rezemos para que Deus suscite novas vocações a este serviço de consagrados tão importante para nossa comunidade Eclesial, a fim de que a continuação da obra de amor através da vida Consagrada seja realizada plenamente através do exemplo da obediência, oração e serviço.

Saudações em Cristo!

 

O post Dia da Vida Consagrada apareceu primeiro em CNBB.


Fonte: Noticias da CNBB

Artigos relacionados