CNBB

Dom Salm: “a família integra a grande comunidade dos discípulos de Jesus”

Dentro do Mês Vocacional, a Igreja no Brasil celebra, nesta segunda semana de agosto, a Semana Nacional da Família. Por isso, o portal da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) convidou o presidente da Comissão para os Ministérios Ordenados e a Vida Consagrada, dom João Francisco Salm, para falar sobre a importância da vocação do pai, da mãe e dos filhos -, a igreja doméstica.

Em um vídeo gravado com exclusividade e que faz parte da série do mês vocacional, divulgada toda semana no portal da CNBB, dom Salm afirma que a família, como pequena comunidade missionária, integra a grande comunidade dos discípulos e discípulas de Jesus, a paróquia, a diocese, a Igreja. “Ninguém mais duvida do quanto nos anos iniciais o ambiente familiar e o modo como o pai e a mãe produzem a vida em família são decisivos para a vida e a felicidade dos filhos”, garante.

Para dom Salm quando um pai e uma mãe vivenciam com serena alegria a fé, como testemunhas e sempre muito agradecidos a Deus por todo o amor recebido, eles tornam possível aos filhos a experiência de um ambiente favorável ao despertar e à transmissão da fé.

“Contribuem para isso o convívio familiar que permite perceber os sinais da presença amorosa de Deus na vida de cada um e de todos juntos; o cultivo da gratidão pelo amor recebido; a atenção à Palavra de Deus e a familiaridade com ela; a oração como encontro e amizade com Deus; a vida sacramental e a participação nas celebrações litúrgicas (…)”, acrescenta o bispo.

 

Dom Salm salienta o quanto é importante falar dessas vocações para a Igreja e o quanto são caminhos de santificação e felicidade. “Pais assim e o ambiente que promovem são um tesouro que não tem preço”, afirma. Ainda de acordo com o bispo numa família assim tudo favorece o despertar vocacional. “Semeia-se, germina, cresce, amadurece e produz frutos as sementes das várias vocações: as vocações leigas, as vocações para o matrimônio, para os ministérios ordenados e para a vida consagrada”, reitera.

No vídeo, dom Salm ressalta as numerosas mudanças vividas nos tempos atuais e ainda suas dificuldades, mas garante que ser autenticamente cristão sempre foi exigente. “Ser cristão é ser diferente. É viver aquela vida nova que Cristo trouxe e ofereceu a todos, isso significa ir contra a corrente. Em situações muito difíceis de perseguição e de martírio se formaram crianças, jovens e adultos com profunda experiência de Deus e com grande generosidade para servir”, comenta.

Por fim, dom Salm exorta para que todas as famílias e comunidades sejam abençoadas, “lugar onde de fato ressoe a voz de Deus que chama e onde se abram os ouvidos para escutar e dizer: fala senhor, que o teu servo te escuta”, finaliza o bispo.

 

*No contexto do Mês Vocacional, dom Salm também escreveu um artigo especial para o site com o título “Paróquia, um mosaico vocacional”. Confira (aqui).

O post Dom Salm: “a família integra a grande comunidade dos discípulos de Jesus” apareceu primeiro em CNBB.


Fonte: Noticias da CNBB

Artigos relacionados