CNBB

Como um tesouro escondido no campo: roteiro para o 17º Domingo Comum

Vivendo a dignidade de povo sacerdotal conferida pelo batismo, as famílias brasileiras são chamadas a celebrar em seus lares o Dia do Senhor. Neste domingo, 26 de julho, a Igreja celebra o 17º Domingo do Tempo Comum e a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), por meio da Comissão Episcopal Pastoral para a Liturgia, oferece mais uma vez o roteiro “Celebrar em família”.

No centro da celebração da Palavra, Jesus compara o Reino dos Céus ao tesouro, à pérola e a uma rede. O texto é do Evangelho de Mateus 13, 44-52:

““O Reino dos Céus é como um tesouro escondido no campo.
Um homem o encontra e o mantém escondido.
Cheio de alegria, ele vai, vende todos os seus bens e compra
aquele campo
[…]

Nesse contexto de pandemia, o roteiro pode ser uma valiosa opção para continuar em comunhão com a Igreja, principalmente as pessoas impossibilitadas por motivo de saúde ou idade, ou porque pertencem ao denominado ‘grupo de risco’, que devem ainda abster-se de participar das celebrações comunitárias dominicais, nos locais em que as missas já retornaram.

O roteiro desta semana também tem uma prece especial pelo fim da pandemia. A Comissão para a Liturgia da CNBB oferece no material uma litania, também conhecida como ladainha, que ajudará as famílias em suas súplicas.

BAIXE O ROTEIRO DA CELEBRAÇÃO EM FAMÍLIA DO 17º DOMINGO DO TEMPO COMUM

 

 

 

O post Como um tesouro escondido no campo: roteiro para o 17º Domingo Comum apareceu primeiro em CNBB.


Fonte: Noticias da CNBB

Artigos relacionados