CNBB

O dom da ciência em tempos de pandemia

Dom Carlos José
Bispo de Apucarana

 

PRECISA-SE de pessoas:

Que tenham os pés na terra e o coração em Deus! Capazes de enxergar no outro a presença de Cristo! Corajosas para perdoar e humildes para pedir perdão! Rápidas em socorrer ao próximo! Sábias para aceitar o amor do Pai! Prontas para cuidar do outro, como cuida de si mesma! Que vivam no mundo, sob a perspectiva de Deus! Que construam pontes ao invés de muros! Que abram as portas do coração a Deus e se fechem a todo tipo de pecado!

Dá-nos Senhor, o Dom da Ciência, para que vejamos o mundo sob o Teu amoroso olhar!

Deus é a fonte de todo o saber e sua Palavra é o acesso a todo conhecimento. Toda habilidade ou conhecimento humano adquirido, seja pelos estudos ou pela prática cotidiana devem levar ao verdadeiro conhecimento de Deus. Se alcançássemos o quanto Deus, em sua infinita bondade, pensou e preparou para cada uma de nós, tomaríamos posse dessa Graça imediata e cotidianamente, para sermos e agirmos conforme os desígnios Dele. Entre tantos Dons recebidos gratuitamente, o Dom da Ciência permite que a Luz Divina penetre em nós, em nosso entendimento, comunicando-nos verdades impossíveis de se adquirir pela razão humana. São revelações Divinas sobre realidades que precisam ser transformadas ou convertidas, através do poder e da misericórdia de Deus que curam os corações feridos e angustiados. Diante desta pandemia, onde as dores diárias se misturam com a indefinição e a angústia, que nos levam a pensar que não há luz no final do túnel, devemos clamar ao Espírito Santo que fortifique em nós o Dom precioso da Ciência, para enxergarmos os sinais de Deus e sua presença em meio a esse caos, a fim de que compreendamos melhor o Seu desejo para o hoje, para o agora. Supliquemos a Deus que renove esse Dom em nós, para que saibamos discernir, com clareza, qual a Sua vontade nesse momento, o que é importante e o que é mundano, sem essência. O Dom da Ciência permite que o homem penetre na raiz de cada sentimento, fato ou situação, propiciando o entendimento sobrenatural das coisas da maneira que Deus entende. ‘O Dom da Ciência nos coloca em profunda sintonia com o Criador e nos faz participar da clareza do Seu olhar’, nos ensina o Papa Francisco, nos levando a uma intimidade amorosa com o Criador, nosso Pai. A questão seria: ‘diante da pandemia e suas consequências, como está meu relacionamento com Deus? Tenho procurado viver meu isolamento social segundo a vontade de Deus, ou me atenho apenas à vivência mundana, com murmurações e desânimo? Aproveito meu tempo para intensificar minhas orações por mim mesmo e pelos outros? Tenho procurado viver a cada dia um novo encontro com Deus, num exercício diário de conversão pessoal ou me prendo em cada notícia, cada informação que a mídia me apresenta, tomando como verdade absoluta sem refletir se essa verdade é a mesma de Deus? Percebo o agir de Deus em meio à Pandemia? “Eu sou o caminho, a verdade e a vida” (Jo 14,6). Em Deus está toda Verdade, somente n’Ele, em sintonia com Ele, poderemos passar por essa Pandemia com os olhos da fé e da esperança de que dias melhores virão. Peçamos constantemente, pelas mãos da Virgem Maria, Nossa Senhora de Lourdes: ‘ Dá-nos Senhor, o Dom da Ciência, para que vejamos o mundo sob o Teu amoroso olhar, e vivamos em oração e comunhão fraterna esses tempos de recolhimento’. Amém.

 

 

 

 

O post O dom da ciência em tempos de pandemia apareceu primeiro em CNBB.


Fonte: Noticias da CNBB

Artigos relacionados