CNBB

Histórias que curam e restauram vidas

Dom Roberto Francisco Ferreria Paz
Bispo de Campos (RJ)

O tema do 54º Dia Mundial das Comunicações Sociais, que acontece na Solenidade da Ascensão, escolhido pelo Papa Francisco para 2020, foi: “Para que possas contar e fixar na memória”, Ex 10,2. O Papa quis tratar da importância pedagógica e curativa das boas histórias que nos humanizam e dão pleno sentido à nossa caminhada. Mostra como a vida se faz história e como as pessoas humanas se tornam tecedores e contadores das suas narrativas e como isso ajuda no autoconhecimento e na construção do projeto da sua existência.

Claro que há histórias que não são boas, que nos levam a uma autoidolatria e se tornam instrumentos de dominação e destruição, felizmente duram pouco pela sua inconsistência. É necessária a inspiração, e nos espelharmos na história das histórias, a Bíblia, que é como o álbum da família dos filhos de Deus, como diz São Paulo, modelo e fonte para nossa peregrinação.

Ao abrirmos as páginas da Sagrada Escritura notamos que, antes de um livro, é uma pessoa, o próprio Deus, que nos fala e nos lê possibilitando que nos defrontemos com as histórias do povo de Israel, e iluminemos a nossa caminhada; por isso, são narrativas que sempre se renovam, pois interpelam o cotidiano e as buscas atuais, as nossas lutas e sonhos.

Mas, ao mesmo tempo, restauram e renovam nosso coração trazendo-nos a visão de Deus, sua ternura e misericórdia, com as quais podemos transformar radicalmente a história humana. Neste tempo de pandemia, é bom aprender e ensinar estas histórias que nos levam a superar limites, carências, e a descobrir um mundo bem maior que aquele em que vivemos. Também nos impulsionam a sair de nós mesmos, a cuidar e dar espaço para os outros, construindo, juntos, uma história em parceria e companheirismo. A memória permite a um povo ser livre e alcançar seus objetivos, pois sem raízes e identidade nunca saberemos para onde vamos, ficando sem horizontes e utopias, pois a pessoa humana é aquela que precisa ter esperança que o faz caminhar.

Que Maria, a Mãe da Palavra, que veio morar entre nós para caminhar com seu povo, nos ajude a contar, guardar estas histórias que o seu Filho nos comunicou, e que saibamos, como Ele, transmiti-las com encanto, sabedoria e compaixão. Deus seja louvado!

 

O post Histórias que curam e restauram vidas apareceu primeiro em CNBB.


Fonte: Noticias da CNBB

Artigos relacionados