CNBB

Uma palavra de esperança e de amor num tempo de isolamento social

Dom Vital Corbellini
Bispo de Marabá (PA)

 

            Estamos passando por um período difícil na humanidade e também em nossa realidade. Somos convidados a viver a esperança em Deus Uno e Trino, que sempre nos fortalece na caminhada. Nós não estamos sozinhos. Ele caminha conosco. Mesmo nas maiores dificuldades ou cruzes, Deus está conosco. Acreditemos nesta presença salvadora, redentora. Somos convidados a sermos pessoas de esperança e de amor em casa; rezando pela família e construindo sempre mais a igreja doméstica. Por enquanto somos convidados a participar das missas em casa, através dos meios de comunicação social, via on line, facebook ou no You Tube e outros meios pela TV e Rádio.

            A Pandemia do Coronavírus (Covid 19) está atingindo uma parte da humanidade. É fundamental agora o isolamento social no qual o vírus não poderá ser transmitido se estivermos em casa, em família. O vírus atingiu uma cifra enorme da humanidade e também mata as pessoas não só idosas, mas também pessoas de outras idades, crianças, jovens, adolescentes, não escolhendo classe social, cor, religião, profissão. Percebemos muitas pessoas curadas, graças a Deus. Este vírus isola as pessoas, as famílias, as comunidades, nações a permanecerem em casa. Rezemos uns pelos outros para que vivamos bem os valores da justiça, da paz e do amor neste período de isolamento social. Estejamos unidos com as famílias atingidas pela Pandemia, os profissionais da saúde, as autoridades civis e religiosas que estão trabalhando para superar este momento difícil, mas esperançoso e com muito amor. Estejamos unidos a todas as famílias, a todas as pessoas, sobretudo as mais necessitadas, os desempregados, os atingidos pelas enchentes, os moradores de rua, as mulheres e os homens do campo e da cidade, os jovens que mais necessitam de uma palavra de esperança e de amor.

            Você que participa de algum grupo nunca desanime ao longo do caminho. Procure viver a unidade na fraternidade, estando unido à sua família e também à sua comunidade, junto aos outros, ao seu Pároco, ao seu Bispo. Quantos doentes temos em nosso meio e no mundo. Quantas pessoas foram atingidas pelo Coronavírus. E quantas pessoas já morreram por esta pandemia como de outros problemas sociais, de violência no transito, no trabalho, ou mesmo quantos assassinatos, feminicídios, e outras formas de violência. Nós não podemos viver isolados das problemáticas sociais. Queremos superar essas coisas com a nossa participação em políticas públicas, lutando pelo bem de todos e do Senhor Jesus Cristo. A CF 2020 exorta a todos a defender a vida como dom de Deus e compromisso humano. Vemos nesses dias tanta solidariedade em ajudar os pobres, os moradores de rua com comidas, o socorro às pessoas vulneráveis da sociedade. Deus Uno e Trino seja louvado pelo amor que se vai demonstrando para tantas pessoas necessitadas.

            O momento é de evangelização, de evangelizar e de sermos evangelizados. Nós aprendemos dos outros, a evangelização de Nosso Senhor Jesus Cristo. Jesus Cristo nos ensina como devemos evangelizar os outros e ao mesmo tampo aprender de Cristo, o bom Pastor a segui-lo mais de perto. Rezem em casa, viva em casa, viva os compromissos famílias, comunitários e sociais. Ainda que permaneça em casa, a evangelização continua na vida. Um dia quando superaremos essas coisas, voltaremos a normalidade com maior fervor e ânimo na caminhada de fé, de esperança e de caridade. Por enquanto faz-se necessário viver este tempo assim no isolamento social, mas carregado com esperança e amor a Deus, ao próximo como a si mesmo. Participemos com fervor e animo da semana santa, na sua integridade em casa acompanhando os ministros que farão as cerimônias nas Igrejas via on line, facebook ou You tube.

O post Uma palavra de esperança e de amor num tempo de isolamento social apareceu primeiro em CNBB.


Fonte: Noticias da CNBB

Artigos relacionados