CNBB

Projeto “APAE, superando limites!” é financiado através de recursos da Campanha da Fraternidade  

Crédito: APAE, de Laranjal Paulista

Crédito: APAE, de Laranjal Paulista

A Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) de Laranjal Paulista, em São Paulo, foi fundada no ano de 1992 e atende hoje 150 pessoas, de toda faixa etária, que apresentam deficiência intelectual/múltipla, atrasos no desenvolvimento neuropsicomotor, transtorno global do desenvolvimento

Com o objetivo de promover o bem estar e desenvolvimento de seus usuários, a Organização teve como iniciativa no ano de 2019 elaborar o projeto “APAE, superando limites!”. A ideia era promover e articular ações de defesa de direitos, prevenção e orientações direcionadas à melhoria da qualidade de vida da pessoa com deficiência e assim contribuir com a construção de uma sociedade mais justa e igualitária.

O Projeto foi financiado pelo Fundo Nacional de Solidariedade (FNS) da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) através da Campanha da Fraternidade, que à época tinha como tema “Fraternidade e Políticas Públicas”. Seu enfoque era adquirir equipamentos necessários tais como refresqueira, buffet térmico, bebedouro e tablets, para contribuir nos serviços prestados a pessoa com deficiência na APAE de Laranjal Paulista.  

Equipamentos facilitaram as atividades dos usuários. Crédito: APAE, de Laranjal Paulista

“Com aquisição de equipamentos como refresqueira, buffet térmico, bebedouro e tablets, nossa instituição está proporcionando conforto, autonomia e entretenimento para todos que estão inseridos nos serviços”, destaca a Diretora Pedagógica Mirela H. de Campos Luvisotto. 

Os equipamentos facilitaram as atividades em busca da autonomia para que os beneficiados conseguissem de forma independente retirar seu próprio alimento/suco/água para consumo. Esse estímulo para a autonomia é um dos principais objetivos para os usuários que possuem potencialidades e que se encontram com dificuldades no manuseio com equipamentos convencionais. 

 Tablets comprados com recursos do Fundo Nacional de Solidariedade

Tablets comprados com recursos do Fundo Nacional de Solidariedade. Crédito: APAE, de Laranjal Paulista

Para a área da educação especial, por exemplo, os tablets estão atendendo os usuários principalmente com diagnóstico de Autismo. “Até então, a APAE não contava com equipamentos adequados no refeitório e não possuía equipamentos suficientes de comunicação alternativa. Nossa meta é melhorar a qualidade de vida das pessoas com deficiência, buscando sempre elevar sua autoestima e desenvolver suas potencialidades”, finaliza a assistente social Flávia Jorge.

Com a ajuda do Fundo Nacional de Solidariedade, o projeto pôde proporcionar um ambiente acolhedor e aconchegante e oportunizar espaço de convivência entre os usuários.  

 

Com informações da APAE, de Laranjal Paulista 

O post Projeto “APAE, superando limites!” é financiado através de recursos da Campanha da Fraternidade   apareceu primeiro em CNBB.


Fonte: Noticias da CNBB

Artigos relacionados