CNBB

Retiro RENASEM foi realizado no Rio na primeira quinzena de janeiro

Dom Alberto Taveira, arcebispo de Belém do Pará e assessor eclesiástico da RCC Brasil, foi o pregador do retiro. Fotos: Eduardo Belão

A 40ª edição do Retiro Nacional de Seminaristas (RENASEM) organizado pelo Ministério para Seminaristas da Renovação Carismática Católica (RCC) do Brasil aconteceu de 6 a 10 de janeiro, na Casa São Francisco de Sales na Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro (RJ).

Para o seminarista André Luiz Oliveira Santos, atual coordenador do Ministério para Seminaristas, o retiro é a possibilidade de acompanhar os seminaristas que vivenciaram o despertar vocacional a partir de um Grupo de Oração da RCC e, como nos pede a Pastores Dabo Vobis, fazer com que cada um não perca a sua origem, mas que a espiritualidade que o despertou o mantenha perseverante na caminhada vocacional.

A edição deste ano contou com a presença de 230 participantes entre seminaristas, diáconos e presbíteros. Dom Alberto Taveira, arcebispo metropolitano de Belém do Pará e assessor eclesiástico da RCC Brasil, foi o pregador do retiro, partilhando sobre As Bem-Aventuranças (Mt 5,1-12).

“A primeira atitude que Deus quer de um seminarista e um sacerdote é a pobreza interior, uma entrega total de sua vida a Ele. As Bem-Aventuranças nos ajudam neste caminho, sobretudo as da pobreza e da misericórdia, pois o discípulo-missionário deve esvaziar-se de tudo a fim de ganhar o tudo, o Reino dos Céus. Portanto, não saia de casa para ser expectador na Igreja ou no mundo, saia para ser participante, aí você verá a Deus”, partilhou.

O cardeal arcebispo de São Sebastião do Rio de Janeiro, dom Orani João Tempesta presidiu a Missa de abertura na Igreja Nossa Senhora da Candelária. Ele afirmou que o retiro é uma ocasião para o seminarista voltar às fontes do Primeiro Amor que fez germinar a vocação de cada um. O cardeal destacou ser obra da providência iniciar o RENASEM na Candelária, uma Igreja que é emblemática na história do Brasil. Para ele, o fato leva a pensar dois aspectos: o primeiro acerca do tempo contemporâneo, em que o homem deve ser um agente de transformação da realidade; o segundo, por sua vez, trata-se de nós enquanto seres vocacionados a santidade e que devemos doar nossa vida em favor do próximo.

O bispo auxiliar do Rio de Janeiro, dom Joel Portella e secretário-geral da CNBB também esteve presente e afirmou que: “O segredo para a perseverança do vocacionado discípulo-missionário é aprender a reconhecer Jesus em uma lógica diferente da que estamos acostumados e ouvir o que Ele nos diz: ‘Coragem, não tenhais medo’.”

Na quinta-feira, (9), aconteceu uma programação externa denominada Lançai as Redes, na Orla de Copacabana, em que os seminaristas puderam evangelizar através de orações e músicas e acolheram a imagem peregrina de São Sebastião, conduzida por dom Orani, que presidiu a Santa Missa, seguida do lançamento do CD “Jesus, o meu Bom Pastor” do Seminário Arquidiocesano São José e o show de Olívia Ferreira. O RENASEM foi concluído com missa no Santuário Cristo Redentor, no Corcovado. A próxima edição acontecerá na arquidiocese de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, em janeiro de 2021.


Colaboração: padre Luiz Antônio Guimarães

O post Retiro RENASEM foi realizado no Rio na primeira quinzena de janeiro apareceu primeiro em CNBB.


Fonte: Noticias da CNBB

Artigos relacionados