CNBB

Coordenador da Pascom comenta mensagem para o 54º Dia Mundial das Comunicações

O coordenador geral da Pastoral da Comunicação (Pascom), Marcus Tullius comentou a mensagem ao 54º Dia Mundial das Comunicações Sociais (DMCS) lançada hoje pelo Papa Francisco, por ocasião da memória de São Francisco de Sales, considerado o padroeiro dos jornalistas na Igreja.  Na mensagem, intitulada “Para que possas contar e fixar na memória” (Ex 10, 2). A vida faz-se história”, o Santo Padre usa, como eixo central, a narração e o papel das boas histórias na vida de cada ser humano.

Segundo o coordenador geral da Pascom, a mensagem do Papa Francisco para o 54º Dia Mundial das Comunicações é simples e muito profunda. Ele destaca que o Papa gosta de usar situações do cotidiano para gerar a proximidade e a cultura do encontro.

“Foi uma escolha muito feliz em trazer para a reflexão por algo tão próximo a nós que são as histórias. E para nós, comunicadores, é algo inerente à missão: contar histórias. Este talvez seja o primeiro, e mais importante, destaque da mensagem: é preciso tecer histórias e não pode ser uma história qualquer. É preciso contar histórias boas para extirpar a mentira”, disse.

Marcus Tullius percebe uma ligação na mensagem deste ano com a mensagem para o 52º DMCS, em 2018, em que o Papa abordou o tema da verdade e das fake news. “Precisamos narrar histórias verdadeiras e boas, para desmascarar a lógica da serpente. Isso implica o compromisso do comunicador, profissional ou agente pastoral, em apurar a informação e transmitir sempre a verdade”, disse.

Para o representante da Pascom, contar uma história verdadeira não é só uma obrigação moral, é uma consequência da radicalidade do compromisso com Batismo e do encontro pessoal com a Palavra de Deus. “O Papa aponta na mensagem que ela é a História das histórias, ‘uma grande história de amor entre Deus e a humanidade’. Portanto, somos abraçados por esta história”, destaca.

Um outro destaque da mensagem, segundo Marcus Tullius, é a dinâmica da história, que é “tão antiga e sempre nova”, como disse Santo Agostinho. Para ele, as histórias se renovam e também renovam o ser humano. “Aí vejo uma concepção importante usada pelo Papa Francisco, que é a participação. Nós fazemos parte da história, todos participam da história”, finaliza.

O Dia Mundial das Comunicações Sociais será celebrado em 24 de maio próximo.

O post Coordenador da Pascom comenta mensagem para o 54º Dia Mundial das Comunicações apareceu primeiro em CNBB.


Fonte: Noticias da CNBB

Artigos relacionados