CNBB

Ardoroso missionário

Cardeal Orani João Tempesta
Arcebispo do Rio de Janeiro (RJ)

Iniciamos solenemente este ano com a visita de N. Sra. de Loreto. Mas a nossa tradicional forma de iniciarmos esse novo tempo é com a trezena de São Sebastião, nosso padroeiro. Ela se inicia no próximo dia 07 de janeiro, e, por meio dela entramos em sintonia com toda a Arquidiocese do Rio de Janeiro num momento de missão popular e assim entramos no espírito de oração que essa festa nos proporciona. O tema proposto para a trezena é: “São Sebastião, ardoroso missionário! ”.

Há várias maneiras de podermos realizar essa trezena, através do nosso grupo de rua, com os vizinhos e amigos, fazendo com que a Igreja se movimente nas ruas. Pode ser realizada, também, na comunidade paroquial e em casa na própria família. Temos o livreto com os temas e orações diárias que podem ser utilizados tanto nas capelas como em nossos grupos de reflexão, em especial nos círculos bíblicos. Como São Sebastião é padroeiro de nossa Arquidiocese é justo que todos se preparem para a festa com essa trezena.

E há uma programação oficial dos treze dias de visitas e celebrações levando a imagem fax símile de São Sebastião (daquela que Estácio de Só trouxe quando fundou a Vila de São Sebastião). Sempre vamos a vários ambientes e setores da sociedade, neste ano começando pelo monumento do Cristo Redentor, passando pelo Hospital Souza Aguiar, Instituto Nacional do Câncer, Hospital Central Aristarcho Pessoa(Hospital dos Bombeiros), Hospital São Vicente, Santuário Basílica de São Sebastião, Hospital Federal Bonsucesso, Hospital Mario Kroeff, Instituto de Puericultura e Pediatria Martagão Gesteira, Hospital Universitário Clementino Fraga Filho, Centro Sócio de Educação Dom Bosco, Centro Sócio de Educação Prof. Antônio Carlos Gomes da Costa, Escola João Luiz Alves, Capela São Sebastião e São Pedro em Tubiacanga, Paróquia São Sebastião – Cocotá, Hospital da Gamboa, Sede a Polícia Federal, Hospital Marcílio Dias, Paróquia Nossa Senhora de Copacabana, Hospital Central do Exército, Capela São Sebastião em Del Castilho, INTO, Cemitério dos Padres, Casa de Idosos Socorrinho, Casa São Luís para a Velhice, Capela de São Sebastião no Caju, sede do Clube de Regatas Vasco da Gama, Paróquia São Sebastião e Santa Cecília em Bangu, Paróquia São Sebastião da Vila Militar, Capela Sant’Ana e São Sebastião em Guaratiba, Capela

São Sebastião de Cantagalo, Capela São Sebastião do Sagrado Coração de Jesus em Campo Grande, Capela São Sebastião também em Campo Grande; Capela São Sebastião de Nova Sepetiba, Paróquia São Marcos – Capela São José – Recreio; Capela São Sebastião – Santíssimo, Capela São Sebastião – Inhoaíba, Capela São Sebastião – Paciência –, Capela São Sebastião e Nossa Senhora das Dores – Santa Cruz, Capela São Sebastião – Santa Cruz, Capela São Sebastião e Nossa Senhora das Graças – Santa Cruz, Capela São Sebastião – Morro do Salgueiro, Casa Geriátrica São Sebastião – Usina, Capela de São Sebastião – Casa Branca, Capela São Sebastião – Morro do Borel, Hospital São Francisco da Penitência, Capela de São Sebastião do Morro da Cachoeira Grande, Capela São Sebastião – Cachambi, Penitenciária Industrial Esmeraldino Bandeira, Complexo Gericinó, Educandário Santo Expedito – Bangu, Sede do Fluminense Futebol Clube, Sede do Botafogo de Futebol e Regatas, Capela São Sebastião – Freguesia, Capela São Sebastião – Taquara, Paróquia São Sebastião – Vargem Grande, Capela São Sebastião – Vila Kennedy, Hospital Albert Schwetizer, Bangu Atlético Clube, Capela de São Sebastião – Fumacê – Realengo; Paróquia Nossa Senhora de Fátima e São João de Deus – Jardim Novo, Santa Casa de Misericórdia, QC CBMERJ, Prefeitura do Rio e Centro de Operações, QG PMERJ, Hospital da PMERJ, Palácio Guanabara, Sede do Clube de Regatas do Flamengo, Cruzada de São Sebastião, Band TV, Band News e Jornal Metro, Info Globo, RJTV, O Dia, Veja, Visita a Capela na Central do Brasil, teremos o Prêmio São Sebastião, Paróquia São Sebastião – Parada de Lucas, Paróquia São Sebastião – Olaria, Cacique de Ramos, Capela de São Sebastião – Costa Barros, Paróquia Bom Jesus do Monte – em Paquetá, Capela de São Sebastião – Inhaúma, Paróquia Imaculada Conceição e São Sebastião – Engenho de Dentro, Capela São Sebastião – Madureira, Paróquia São Sebastião – Quintino e Missa na Paróquia São Sebastião, em Bento Ribeiro, e vários outros ambientes que acolhem com alegria o Santo Guerreiro.

Ao realizarmos a trezena não rezamos e pedimos somente por nós, mas pela Igreja de maneira geral, pela Arquidiocese do Rio de Janeiro, que deve ser uma Igreja em missão permanente. E pedimos, sobretudo, que São Sebastião interceda por nós junto a Deus, derramando sua paz e alegria sobre nossa cidade.

A cada ano a trezena de São Sebastião tem um tema, um sentido para ela acontecer, uma graça que queremos alcançar por meio dela. O tema

deste ano é a missão: “São Sebastião, ardoroso missionário”. É isso que pedimos ao Senhor: para que, como São Sebastião sejamos permanentemente missionários.

O Concílio Vaticano II promulgou o Decreto “Ad gentes” – para as nações – que trata da atividade Missionária da Igreja, reconhecendo e reafirmando que a Igreja de Jesus Cristo tem uma natureza missionária, afinal o próprio Senhor Jesus convocou a todos: “Ide pelo mundo inteiro e anunciai a Boa Nova a toda a criatura!”(cf. Mc 16,15)

A Igreja é enviada por Deus a todos os povos como sacramento universal de salvação e deve anunciar o Evangelho a toda humanidade. Em Seu desígnio amoroso Deus nos chama gratuitamente, em Cristo, a participar de sua vida, não somente de modo individual, mas constituindo-nos num Povo congregado na unidade. Esta obra salvífica deve ser anunciada até os confins da terra. A Igreja cumpre sua missão e se realiza “mediante a atividade pela qual, obedecendo ao mandamento de Cristo e movida pela graça e pela caridade do Espírito Santo, ela se torna atual e plenamente presente a todos os homens ou povos para os conduzir à fé, liberdade e paz de Cristo, não só pelo exemplo de vida e pela pregação mas também pelos sacramentos e pelos restantes meios de graça(AG 5)”.

A missão deve andar junta com a acolhida indistinta de todos. Todo homem e toda mulher de boa vontade são bem-vindos à casa do Pai. Todos os anos conseguimos grandes graças por meio da trezena ao passar nas avenidas, ruas e praças e ao entrar nas comunidades. E neste ano poderemos conseguir grandes graças mais uma vez, conquistando, acolhendo novos fiéis para a Igreja e os enviando também como ardorosos missionários, como foi São Sebastião.

Ao realizarmos a trezena em nossa cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro, damos testemunho de Cristo onde estivermos. Assumimos o nosso papel de batizados, de sermos “sal na terra e luz no mundo”, damos testemunho da nossa fé, assim como nosso padroeiro o fez. E cumprimos aquilo que o Papa Francisco nos pede de sermos uma Igreja em saída.

Quando assumimos o compromisso social e visitamos presídios, hospitais, asilos, estamos nos preocupando acima de tudo com a vida. E cumprindo um mandato evangélico de Jesus, de estarmos em estado permanente de missão e de anúncio e testemunho do Evangelho. Levamos um pouco de liberdade, para aqueles que estão privados dela. Ansiamos por tempos melhores e por isso realizamos a trezena e festa de São Sebastião

todos os anos, pedindo que olhe por nós e por nossa cidade. Confiar nossas necessidades a Deus através da intercessão de São Sebastião, que nos compromete a sermos exemplo de vida cristã, assumindo nossa missão na sociedade.

Abrimos o ano rezando ao padroeiro de nossa cidade maravilhosa. O tema deste ano é muito “rico” para nós. Anunciar o Evangelho em todos os ambientes junto com a acolhida fraterna na fé o nosso irmão, nos remete a acolher a todos, os afastados, e, particularmente, pela atração do Evangelho, acolher os jovens. Acolher de coração sincero todos aqueles que querem fazer parte desta Igreja de Jesus Cristo. Inclusive aqueles que estão nos presídios, hospitais, asilos devem se sentir acolhidos e amados por Deus. Por isso durante a trezena a imagem de nosso padroeiro visita esses locais.

A trezena nos ajuda a aumentar nossa confiança em Deus e a ver que a vida tem sentido, que tudo aquilo que celebramos recentemente no Natal, em cujo tempo se inicia a trezena, se concretiza, a vida que brota do amor de Deus. A trezena nos coloca em comunhão espiritual com a Igreja, com ela nos unimos aos nossos irmãos e aumenta o nosso sentimento de comunidade, de povo de Deus orante, assumindo aquilo que nos foi mandado no nosso batismo. E assim construindo um mundo mais justo e fraterno.

Com a trezena nos preparamos para a grande celebração da missa e procissão do dia 20 de janeiro. Todos os dias temos missa, mas de uma maneira especial a trezena nos prepara para esse grande dia, onde toda a Igreja se reúne para louvar e agradecer seu padroeiro. Antes da Missa na catedral, teremos uma grande procissão iniciando às 16 horas, passando pelas ruas de nossa cidade, pedindo que São Sebastião interceda por cada canto dessa cidade.

Jesus nos chama a ser “sal na terra e luz do mundo” (cf. Mt 5,13). Não obstante nossa falta de esperança e de amor, somos chamados a iluminar e a dar sabor ao ambiente em que vivemos.

A trezena nos ajuda a caminharmos juntos na mesma fé, pedindo que possamos imitar as virtudes de São Sebastiao. Esse é o sentido de celebrarmos essa preparação para a festa, e comemorando o padroeiro para nos inspirar um pouco com sua virtude no seguimento de Cristo e do evangelho. Que possamos alcançar muitas graças com a realização dessa trezena, evangelizando a todos, particularmente os afastados ou

indiferentes, atraindo novos irmãos para a Igreja, ou a volta daqueles que se encontravam desanimados, como todos os anos acontece.

Portanto, que possamos fazer uma boa preparação para a festa do nosso padroeiro através da realização da trezena, e que muitas graças aconteçam.

Que Deus abençoe a todos!! E Viva São Sebastião!

 

O post Ardoroso missionário apareceu primeiro em CNBB.


Fonte: Noticias da CNBB

Artigos relacionados