CNBB

Testemunhar e anunciar o Ressuscitado

Dom José Gislon
Bispo de Erexim

Estimados Diocesanos! O tempo pascal é oportunidade para refletirmos sobre a nossa missão de discípulos e discípulas do Ressuscitado no mundo, à luz de tudo aquilo que celebramos no Tríduo Pascal e na Páscoa do Senhor Jesus. Longe de nós a tentação de retornarmos para as barcas que ficaram às margens do lago, depois de aceitar o convite do Mestre, de acompanhá-lo no anúncio do Reino. Não devemos ser cristãos que choram a Paixão e morte do Senhor Jesus, mas esquecem de celebrar a sua vitória sobre a morte, através da ressurreição no domingo da Páscoa.

A cada dia, nas pequenas e nas grandes escolhas, somos chamados a testemunharmos a nossa identidade de cristãos, através da nossa fé. Mas não o fazemos sozinhos, pois fazemos parte de uma grande família, de irmãos e irmãs, que em muitos lugares do mundo são perseguidos por serem cristãos, por serem discípulos e discípulas do Senhor Jesus e O testemunharem através de sua vida de fé.

Testemunhar o amor do Cristo ressuscitado, em meio aos sinais de morte que ferem a vida dos nossos irmãos e irmãs, requer de nossa parte um olhar de esperança, sem deixar de clamar pela justiça e pela misericórdia do Pai. Ao mesmo tempo, temos o dever de ajudá-los para que sejam fortes e perseverantes diante da violência que lhes rouba a vida, mas não lhes pode roubar a fé no Ressuscitado, que caminha conosco na nossa história feita de alegrias, dores e esperanças, e impulsiona a nossa fé, para acreditarmos na força do amor, que será vitoriosa sobre todas as formas de violência que procuram ferir e destruir a vida.

O tempo pascal nos convida a vivermos como cristãos, fortalecidos na fé pelo testemunho do Ressuscitado, anunciando Jesus vivo e presente em nosso meio. Ele nos pede para estar conosco nas nossas situações difíceis, nos pede para redescobrirmos a verdade da cruz, para acolhermos a sua presença e a sua ternura, especialmente quando a noite da fé envolve a nossa vida. Pede-nos sinceridade de coração, de termos confiança nele, de acreditarmos na vida. “Não fujamos da ressurreição de Jesus; não nos demos por vencidos, aconteça o que acontecer” (Papa Francisco, Evangelii Gaudium 3).

O post Testemunhar e anunciar o Ressuscitado apareceu primeiro em CNBB.


Fonte: Noticias da CNBB

Artigos relacionados