CNBB

FNS: paróquia da diocese de Barra (BA) oferece reforço e capoeira para crianças e adolescentes

O Município de Brotas de Macaúbas (BA), no oeste baiano, região do semiárido, alcançou o Índice de Desenvolvimento Humano Municipal de 0,570, de acordo com os dados do Atlas do Desenvolvimento Humano do Brasil de 2013. Considerando o índice na área da educação, o número é de apenas 0,445. Os números, que revelam respectivamente níveis “baixo” e “muito baixo” para os aspectos calculados, pode ser impactado com uma ação que contou com as doações para o Fundo Nacional de Solidariedade.

Desde setembro de 2018, a paróquia Nossa Senhora de Brotas, pertencente à diocese de Barra (BA), realiza o projeto “Superação da violência pela Arte do bem-viver”. A iniciativa conta com os recursos do Fundo Nacional de Solidariedade (FNS), que é constituído por 40% das ofertas das celebrações do Domingo de Ramos, nas comunidades, paróquias e dioceses de todo o Brasil.

Capoeira e aulas de reforço foram as atividades escolhidas para alcançar o objetivo proposto de “formar e capacitar crianças, adolescentes e jovens para serem protagonistas de uma sociedade melhor, através da família, comunidade e escola, acreditando num novo mundo, onde a violência é superada pelo amor e a solidariedade”.

Crianças, adolescentes e jovens da periferia de Brotas de Macaúbas realizam as atividades no contra turno da escola. “Com a realização desses projetos acreditamos que estamos contribuindo para que as crianças, adolescentes e jovens despertem para o caminho mais tranquilo onde eles possam viver amor e a paz, superando toda forma de violência com a firme convicção de que a superação da violência passa pelas famílias, pela escola, pelos meios de meios de comunicação social, pela justiça, pelo combate à pobreza, pela política, pelo perdão e reconciliação, como nos orienta o manual da Campanha da Fraternidade 2018”, justificou o pároco padre Uelliton Matos de Souza.

Foram beneficiados pelo projeto 52 homens, 27 mulheres, 28 crianças, 42 adolescentes e 9 jovens. “O projeto despertou em toda comunidade o interesse para que fosse continuado, não somente através da capoeira e do reforço escolar, mas que fossem acrescentadas outras atividades”, conta o padre.

Segundo ele, professores foram incentivados para oferecem mais aulas de reforço de forma voluntária. Alguns dos jovens que participaram da capoeira se comprometeram em ajudar na continuidade do projeto. “Uma associação de comerciantes colaborou, presenteando o grupo com um timbau, três atabaques e outros instrumentos. Já é perceptível a transformação no comportamento dos participantes, embora de forma tímida. Acredito que com a continuação do projeto o objetivo será alcançado de forma plena”, vislumbra padre Uelliton.

“Com a realização das atividades descritas acima, as crianças e adolescentes do reforço escolar conseguiram desenvolver a aprendizagem e todas passaram de ano. As crianças, adolescentes e jovens da capoeira passaram a compreender que alguns valores na vida deles estavam em risco”, avaliou. As aulas de capoeira ainda continuaram mesmo após o fim do período de execução do projeto.

 

 

A Campanha da Fraternidade se expressa concretamente pela oferta de doações em dinheiro na coleta de solidariedade, realizada no Domingo de Ramos. É um gesto concreto de fraternidade, partilha e solidariedade, feito em âmbito nacional, em todas as comunidades cristãs, paróquias e dioceses. A Coleta da Solidariedade é parte integrante da Campanha da Fraternidade e o fruto das coletas integra o Fundo Nacional de Solidariedade.

O post FNS: paróquia da diocese de Barra (BA) oferece reforço e capoeira para crianças e adolescentes apareceu primeiro em CNBB.


Fonte: Noticias da CNBB

Artigos relacionados