Bispos destacam os marcos da ação das Comissões do Laicato e Ação Social Transformadora

O bispo de Caçador (PR), dom Severino Clasen, presidente da Comissão Episcopal Pastoral para o Laicato da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil falou sobre os grandes marcos da caminhada da comissão que preside no último quadriênio. Segundo ele, a Comissão para o Laicato se envolveu e se esforçou, neste tempo, para que os cristãos leigos e leigas percebessem que são sujeitos eclesiais e protagonistas dentro da Igreja na sua ação evangelizadora e também na sociedade.

O documento nº 105 da CNBB, cujo título é: “Cristãos Leigos e Leigas na Igreja e na sociedade. Sal da Terra e Luz do Mundo”, também mereceu destaque do religioso. Segundo ele, a Comissão para o Laicato se esforçou para que o documento fosse estudado e assumido tendo em vista como frutos um cristianismo e um catolicismo com cristãos leigos e leigas mais comprometidos com o Evangelho.

O grande momento nestes quatro anos, para dom Severino, foi a celebração e vivência do Ano Nacional do Laicato de 26 de novembro de 2017, Solenidade de Cristo Rei, à 25 de novembro de 2018. Neste ano, por meio de seminários, retiros, encontros, formação, caminhadas e peregrinações, dom Severino afirma que foi possível perceber que os cristãos leigos e leigas não estão anônimos na sociedade e na Igreja. “Foi um momento muito bonito perceber em vários lugares e regiões do Brasil que os cristãos querem participar e já assumem seu papel como sujeitos eclesiais”, disse.

Uma das ações do Ano do Laicato foi o debate, por meio de uma publicação – com círculos bíblicos e textos, sobre a Auditoria da Dívida Pública. A publicação foi elaborada em parceria com o movimento Auditoria Cidadã da Dívida Pública.

O desafio agora, segundo dom Severino, é fazer com que, como legado do Ano Nacional do Laicato, os cristãos leigos e leigas possam dar continuidade sendo de fato fermento na massa e fazer com que a mensagem do Evangelho, que confirma o seu protagonismo, os impulsione a transformar as diferentes realidades do Brasil.

Ação Social Transformadora – O bispo de Lajes (SC) e presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Ação Social Transformadora, Guilherme Werlang, também apontou quais foram os marcos da caminha da comissão que preside no último quadriênio.

Segundo ele, como primeiro marco que destaca, a Comissão investiu bastante na formação em encontros das Coordenações e Articulações das Pastorais Sociais, com temas como dívida pública, Pastoral de Conjunto, encíclica Laudato Sí, e dos bispos referenciais das pastorais sociais com temas ligados à Doutrina Social da Igreja.

O fortalecimento das Pastorais Sociais nos regionais da CNBB também foi outro elemento apontado como marco da caminhada. Ele destaca que foram criadas Comissões para a Ação Transformadora e das Pastorais Sociais bem como houve a retomada de Fóruns de Articulação regionais como no Nordeste 1, Oeste 1, Sul 1, Nordeste 3, entre outros.

O bispo de Lajes destacou o diálogo com os movimentos sociais brasileiros como um marco deste quadriênio. Dom Guilherme destacou ainda a transformação do Grupo de Trabalho de Enfrentamento ao Tráfico Humano em uma Comissão Episcopal especial da CNBB.

Dom Guilherme avalia que à medida que a Comissão buscou ser uma presença constante no acompanhamento das atividades das Pastorais Sociais, com presença em assembleias e atividades de formação, foi possível também avançar mais na solidificação de uma Pastoral de Conjunto. Por fim, o bispo destacou a parceria com a Assessoria Política da CNBB na assessoria junto aos regionais e às pastorais.

Dom Guilherme expressou um desejo: “Desejo que como Igreja continuemos a trabalhar junto aos pobres e excluídos como testemunhas do Evangelho e que a nova presidência que for eleita para a Comissão na 57ª Assembleia Geral dos Bispos do Brasil e também nos regionais possam dar continuidade com mais força na realização dos Gritos dos Excluídos e, se a assembleia aprovar, na realização da 6ª Semana Social Brasileira, evento muito necessário, especialmente nesta nova conjuntura que o Brasil está atravessando neste momento”.

O post Bispos destacam os marcos da ação das Comissões do Laicato e Ação Social Transformadora apareceu primeiro em CNBB.


Fonte: Noticias da CNBB

Rede Excelsior de Comunicação

Leve a rádio sempre com você
Baixe nosso aplicativo

Some description text for this item

receba novidades por email
Assine a nossa newsletter

Some description text for this item

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.