Bispos das Pastorais Sociais aprofundam o Ensino Social da Igreja a partir dos Santos Padres

Um grupo de 15 bispos participou de 29 a 30 de julho, do 4º Encontro Formativo dos Bispos da Comissão Episcopal Pastoral para a Ação Sociotransformadora da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e referenciais e animadores das pastorais sociais nos regionais, organismos e do Setor de Mobilidade Humana da entidade. O encontro ocorreu no Centro Cultural Missionário em Brasília (DF).

O bispo de Marabá (PA), dom Vital Coberlini, aprofundou com os bispos o tema “Ensino Social da Igreja a partir dos Santos Padres”. Com mestrado e doutorado no tema, ele reforçou que a atual Doutrinal Social da Igreja Católica tem como ponto referencial o pensamento dos Santos Padres, desde Leão XIII até o papa Francisco.

Em sua análise, dom Corbelini destacou temas centrais do ensino social da Igreja a partir dos Santos padres. Segundo ele, a questão humana é o ponto de partida. “O homem foi criado à imagem e semelhança de Deus”, disse. Depois, a questão da fome. “Como podemos partilhar e ajudar os pobres e necessitados?”, disse.

Dom Corbelini explicou que a partir da questão da ajuda aos pobres surgiu também a questão da partilha dos bens. Decorre daí a ideia da propriedade privada como um direito de todos, mas que tem uma função social. “O pensamento social da Igreja afirma que o verdadeiro proprietário é Deus, e o ser humano é administrador”, disse.

Se a gente tem essa consciência, disse o bispo, vai ajudar mais os pobres e necessitados. “A nossa missão é esta e é, inclusive, um dos pontos centrais das Novas Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil 2019-2023: a opção pelos pobres”, ressaltou.

Bispos na capela do Centro Cultural Missionário, em Brasília-DF. Fotos: Jardel Lopes

Caridade – Dom Vital lembrou que a caridade é a maior virtude humana apontada pelos Santos Padres e consagrada na Doutrina Social. “O pensamento social da Igreja ajuda-nos a viver bem hoje e a iluminar, a partir das Sagradas Escrituras e da Eucaristia, a nossa atuação como pastores junto ao nosso povo dando atenção para todos mas, sobretudo, aos mais necessitados como Cristo desejou”, concluiu.

O bispo de Brejo (MA) e presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Ação Sociotransformadora, dom José Valdeci Santos Mendes, destacou a relevância de estudar sobre o pensamento dos Santos Padres. “Como é importante beber nesta fonte, no testemunho e na coragem que tiveram os Santos Padres em cada época diante de tantas questões e injustiças. É importante para continuarmos lutando pela justiça e pela vida, ativos e firmes sendo presença profética nas pastorais, organismos, em nossas comunidades e regiões”, disse.

Durante o encontro, os bispos relataram as experiências e realidades em que atuam, bem como refletiram sobre os desafios das pastorais sociais nos regionais e dioceses. Também foi pensada a agenda de atividades 2020 e feitos encaminhamentos sobre a 6ª Semana Social Brasileira.

Também participaram do encontro, o assessor da Comissão Episcopal Pastoral para a Ação Sociotransformadora da CNBB, frei Olávio Dotto, o representante da Pastoral Operária, Jardel Lopes e o padre Thierry Linard, do Observatório de Justiça Socioambiental Luciano Mendes de Almeida.

Com a colaboração de Jardel Lopes

O post Bispos das Pastorais Sociais aprofundam o Ensino Social da Igreja a partir dos Santos Padres apareceu primeiro em CNBB.


Fonte: Noticias da CNBB

Rede Excelsior de Comunicação

Leve a rádio sempre com você
Baixe nosso aplicativo

Some description text for this item

receba novidades por email
Assine a nossa newsletter

Some description text for this item

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.