Arquidiocese de Salvador

Pastoral da Comunicação realizou reunião online com representantes paroquiais

Na manhã deste sábado (29), os coordenadores e vice-coordenadores da Pastoral da Comunicação (Pascom) nas paróquias estiveram reunidos com a Pascom Arquidiocesana. Esta foi a primeira reunião realizada pelo novo assistente eclesiástico e coordenador, padre Márcio Augusto Silva de Souza, que assumiu a missão no mês de abril.

O encontro, que aconteceu das 9h às 11h, contou com representantes de 20 paróquias e de uma capela. Logo no início o padre Márcio leu e conduziu a reflexão sobre o Evangelho de São Mateus, capítulo 28, versículos de 16 a 20. “O Espírito Santo é a fonte da Verdade comunicada por Jesus Cristo”, disse o sacerdote, reforçando a importância de ter sempre a Palavra de Deus à frente da vida do cristão.

Aos participantes, o padre Márcio também reforçou sobre a missão abraçada. “O resultado da nossa missão deve ser o engajamento das pessoas e o encantamento delas”, disse. Em seguida, os agentes tiveram a oportunidade de falar sobre o trabalho já desenvolvido sobre as alegrias e dificuldades de comunicar. “Aqui na Paróquia Santo Antônio, em Fazenda Coutos, a Pascom vem tendo uma visibilidade maior e não sendo apenas ‘a galera que tira fotos’. Os grupos e comunidades vêm nos procurando para um auxílio em divulgação e afins. A paróquia, nesse momento, está sob a administração da congregação Redentorista e já vimos a preocupação que eles têm em relação à comunicação”, afirmou Luzidalva Oliveira.

O padre Márcio disse que começou a esboçar um projeto pastoral para a Pascom, com o objetivo a partir das Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil (DGAE) e também à luz do Diretório de Comunicação (Documento 99) e de outros textos sobre o assunto. O padre também falou sobre a mensagem do Papa Francisco para o Dia Mundial das Comunicações Sociais e destacou a união desta pastoral para o maior fortalecimento dos agentes. “Aproveito para agradecer aos agentes por terem aceitado o desafio de, na pandemia, fazerem a Igreja presente na casa das pessoas”, disse o assistente eclesiástico.

Para a gente da Pascom da Paróquia Santo Amaro de Ipitanga, Maria Liziane Araújo, a reunião foi um momento rico em partilha. “Quero apenas agradecer em nome da Pascom de Santo Amaro de Ipitanga pela oportunidade. As partilhas de cada um já despertam em nós ideias para melhorarmos nossas ações na nossa paróquia. E também quero pedir ao Espírito Santo para que fortaleça em nós os dons da sabedoria, inteligência, fortaleza e piedade para que continuemos realizando esse trabalho com confiança no plano de Deus e na certeza de que estamos levando Jesus e alimentando a vida em comunidade para todos aqueles que nos acompanham em casa!”, disse.

Participaram representantes das paróquias Santa Mônica, Menino Jesus de Praga, São Daniel Comboni, Nossa Senhora da Conceição (Lapinha), Santíssimo Sacramento e Sant’Ana, Santa Cruz, Nossa Senhora de Nazaré, São Tiago Maior, Ceia do Senhor e Santo André Apóstolo, Santo Amaro de Ipitanga, Nossa Senhora Auxiliadora, Divino Espírito Santo (Alto das Pombas), Divino Espírito Santo (Vale dos Lagos), São Paulo Apóstolo, Ressurreição do Senhor, Santo Antônio (Fazenda Coutos), São João Evangelista (Mussurunga), Nossa Senhora da Vitória, Nossa Senhora da Conceição de Guadalupe, São Brás (Federação) e da Capela Nossa Senhora Aparecida (19BC).


Fonte: Noticias da Arquidiocese de Salvador

Artigos relacionados