Arquidiocese de Salvador

Ao lado do Cardeal Dom Sergio da Rocha, Dom Dorival e Dom Valter Magno participam, pela primeira vez, da Assembleia Geral da CNBB

A Assembleia Geral reúne todo o episcopado brasileiro e pela primeira vez acontece na modalidade online

Arcebispos e bispos estão reunidos na 58ª Assembleia Geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (AG CNBB), que teve início no dia 12 e segue até o dia 16 de abril. Em virtude da pandemia, pela primeira vez o encontro que reúne o episcopado brasileiro acontece na modalidade online, e, a partir das Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil (DGAE), tem como tema central “Casa da Palavra: animação bíblica da vida e da pastoral a partir das comunidades eclesiais missionárias”.

Dom Dorival Souza Barreto Júnior

Sagrados no início deste ano, pela primeira vez os dois novos bispos auxiliares da Arquidiocese de Salvador, Dom Valter Magno de Carvalho e Dom Dorival Souza Barreto Júnior, participam da Assembleia Geral. “A minha participação pela primeira vez na Assembleia Geral da CNBB está sendo muito positiva e enriquecedora, uma experiência de comunhão e colegialidade com os bispos do Brasil, mas também uma novidade e desafio por ser uma Assembleia via internet, o que exige mais atenção e esforço. Agradeço a Deus pela oportunidade de crescimento e formação para a missão como pastor”, afirma Dom Dorival.

Dom Valter Magno de Carvalho

Para Dom Valter, a AG CNBB é um momento de aprendizado. “Tem sido uma experiência muito positiva. É bom manter o contato, mesmo que virtual, com os irmãos bispos do Brasil. As partilhas, reflexões aprofundadas, temáticas trabalhadas e relatórios apresentados mostram a riqueza da experiência eclesial da Igreja em nosso país. A assembleia é uma oportunidade de grande aprendizado para que se continue buscando a construção de uma Igreja sempre mais sinodal e missionária”, afirma.

Ao longo de toda a semana, os bispos reunidos destacaram os desafios deste novo tempo, marcado pela pandemia do novo coronavírus, mas também apontaram caminhos para que a Igreja no Brasil continue lançando a semente da Palavra de Deus. Entre os assuntos tratados estão a Campanha da Fraternidade Ecumênica 2021, a Campanha da Fraternidade 2022, a missão e a sinodalidade na construção do Novo Estatuto da CNBB e as aprovações da criação do Regional Leste 3 e também do Ano Vocacional 2023. Os prelados também escreveram e enviaram uma carta ao Papa Francisco.


Fonte: Noticias da Arquidiocese de Salvador

Artigos relacionados