Arquidiocese de Salvador

Papa envia telegrama a chefes de Estado de seis países e assegura orações pela paz

O Papa Francisco, por ocasião da viagem apostólica ao Iraque, enviou telegramas a chefes de Estado dos países sobrevoados durante a viagem que o levou a Bagdá na manhã desta sexta-feira (5), ou seja, à Itália, Grécia, Chipre, Palestina, Israel e Jordânia.

A saudação do Papa à Itália e à Grécia

Ao presidente da Itália, Sergio Mattarella, a primeira mensagem ao deixar o território italiano. O Pontífice, como “peregrino de paz e de fraternidade entre os povos”, enviou um telegrama com desejos de serenidade e prosperidade à população italiana. Em resposta, o agradecimento do chefe de Estado e a ênfase de que a presença do Papa no Iraque “representa para as martirizadas comunidades cristãs daquele país e de toda a região, um testemunho concreto de proximidade e de paterna solicitude”. Mattarella também destacou que a visita iraquiana é “um sinal de continuidade após a viagem apostólica aos Emirados Árabes Unidos” e “mais um passo no caminho traçado pela declaração sobre a fraternidade humana”.

Já aos outros chefes de Estado, o Papa se dirigiu em inglês e enviou saudações aos cidadãos dos países. Para a presidente da Grécia, Katerina Sakellaropoulou, o Pontífice disse rezar a Deus para conceder a toda a população bênçãos “de unidade, paz e prosperidade”.

Desejos de paz ao Chipre e à Palestina

Ao presidente da República do Chipre, Nicos Anastasiades, ao entrar no espaço aéreo do país durante a viagem apostólica de Francisco ao Iraque, o Papa dirigiu cordiais saudações ao povo do país, “com fervorosas orações para que Deus abençoe a todos com harmonia e paz”. Já ao presidente da Palestina, Mahmoud Abbas, o Pontífice disse “rezar para que o Deus Altíssimo abençoe todos os palestinos com paz e bem-estar”.

Mensagem de Francisco aos povos de Israel e Jordânia

No telegrama ao presidente de Israel, Reuven Rivlin, o Papa enviou saudações à toda a população e disse rezar a Deus para abençoar todos “com seus dons de harmonia e paz”. Enfim, na mensagem enviada a Sua Majestade Abdullah II, Rei da Jordânia, Francisco saudou a família real e o povo do país, invocando “abundantes bênçãos do Altíssimo”.


Fonte: Noticias da Arquidiocese de Salvador

Artigos relacionados