Arquidiocese de Salvador

“O Amor me ensinou que…”: ir ao encontro do irmão é ir ao encontro de Cristo

O encontro com os irmãos acontece nas ruas de Salvador

Voltar o olhar, ter compaixão e cuidar dos que mais sofrem, a exemplo do Bom Samaritano. É assim que todas as sextas-feiras membros da Obra Lumen de Evangelização – Missão Salvador saem pelas ruas da capital baiana em busca das pessoas em situação de rua. O encontro com cada uma delas é um verdadeiro encontro com o Cristo abandonado e sofredor. “Mais do que entregar alimentos ou máscaras, nós nos dedicamos a passar um tempo com esses irmãos, a ouvi-los, acolhê-los, a amá-los. Ainda junto com essa experiência de encontro com o Cristo em cada um desses irmãos, nós propomos a eles o acolhimento em nossas casas: Santa Dulce, localizada na Federação, onde acolhemos homens; e também a casa Santa Terezinha, localizada na Vasco da Gama, onde são acolhidas as mulheres”, afirma um dos coordenadores do projeto, Victor Santos.

Intitulado Bom Samaritano, o projeto nasceu inspirado no evangelho de Lucas, capítulo 10, versículos do 25 ao 37. “Esse projeto, na verdade, nasceu em Fortaleza, durante o início da pandemia com o intuito de acolher o maior número de irmãos de rua possível. Mas foi no meio do mês de julho que começamos a nos organizar para realizar esse projeto também aqui na Missão Salvador. Passamos o mês de julho organizando de maneira interna o funcionamento do projeto, pensamos em como nos organizaríamos em relação às quentinhas, as idas para às ruas, sempre tendo em vista todas as restrições que ainda temos por conta da pandemia do COVID-19”, conta Victor.

Após a organização, e com todos os cuidados necessários, o primeiro passo foi dado: na primeira sexta-feira do mês de agosto, os jovens saíram ao encontro das pessoas em situação de rua no Aquidabã. “Inicialmente fomos em poucas pessoas, mas esse número vem crescendo cada vez mais. Nos organizamos através de um grupo de whatsapp e nos encontramos às sextas no Campo da Pólvora, e de lá partimos para o local escolhido para aquela semana”, diz Victor.

Para os jovens da Obra Lumen, os desafios encontrados para ir ao encontro, de modo especial devido ao novo coronavírus, são tão grandes como o convite de Deus para que cada um saia da indiferença. “Nos impressiona a quantidade de crianças e mulheres ainda grávidas que encontramos, bem como crianças com poucos meses de vida. Essa é uma realidade que grita aos nossos olhos e, ao contemplá-la, ouvimos o próprio Jesus gritar mais uma vez como gritou do alto da Cruz ‘tenho Sede’, só que agora Ele grita ‘tenho fome, sinto frio, sinto medo…’. Ele nos convida a sairmos de nós mesmos e irmos ao Seu encontro, presente na pessoa de cada um desses irmãos”, assevera Victor.

Nós queremos saber: Ao ler esta matéria, de que maneira você completaria a frase “O amor me ensinou que…”?

Fotos: Arquivo Obra Lumen de Evangelização – Missão Salvador

O post “O Amor me ensinou que…”: ir ao encontro do irmão é ir ao encontro de Cristo apareceu primeiro em Arquidiocese de São Salvador da Bahia.


Fonte: Noticias da Arquidiocese de Salvador

Artigos relacionados