Arquidiocese de Salvador

Pastoral Cuidadores da Casa Comum amplia projeto de reciclagem na Paróquia Ascensão do Senhor

Sabe aquela esponja usada para lavar pratos ou fazer a limpeza pesada da casa? Quando ela fica velha vai pro lixo, certo? Errado! Ela tem que ir para a reciclagem. Assim, com o objetivo de estimular ainda mais o consumo consciente, os Cuidadores da Casa Comum, da Paróquia Ascensão do Senhor, agora vão passar a recolher as esponjas. A meta é conseguir, pelo menos, dois quilos que serão levados para o fabricante que fica em São Paulo: a empresa vai cuidar dos custos com o transporte e a paróquia vai receber um valor financeiro que será destinado para as obras sociais do Centro Comunitário Monsenhor José Hamilton; e as esponjas vão ser transformadas em cestos de lixo, bancos e outros objetos que utilizam o plástico como matéria-prima.

Para você entender como essa é uma ação simples, mas super importante, imagine uma família com quatro pessoas que jogam uma esponja no lixo uma vez por semana. Só em Salvador serão mais de 750 mil esponjas poluindo o ambiente. Não faça parte dessa estatística! Você pode ajudar levando a esponja ao ponto de coleta que fica na Igreja, localizada na 3ª Avenida do Centro Administrativo da Bahia (CAB). Ela tem que estar sem restos de comida e de gordura e estar seca.  É uma forma de contribuir com o meio ambiente sem ter trabalho e ainda fazer o bem para as pessoas assistidas pelos projetos sociais do Centro Comunitário.

A Pastoral Cuidadores da Casa Comum foi criada em 2016, na Matriz Ascensão do Senhor, baseada na encíclica do Papa Francisco Laudato Si, que, em português, significa Louvado Sejas. Nessa encíclica, publicada em  2015 – ano antes da formação da pastoral-, o Papa critica o consumismo e o desenvolvimento irresponsável, e faz um apelo à mudança e à unificação global para combater a degradação ambiental e as alterações climáticas. Foi com esse espírito que a pastoral então foi criada: ela desenvolve várias ações de incentivo à redução de lixo no dia a dia da Igreja e em todos os eventos promovidos pela paróquia.

Além disso, foi montado no pátio da Matriz o Espaço Ecológico para entrega de recicláveis em geral como: papel, plástico, alumínio, óleo de soja usado, lixo tecnológico e agora as esponjas. As pessoas levam de casa o material reciclável e, toda semana, uma cooperativa recolhe. Para a coordenadora da pastoral, Marize Coelho, o grande ganho é contribuir enquanto cristãos e consumidores conscientes com a redução de lixo. “A natureza ganha, as empresas ganham com o programa da logística reversa e nós ganhamos construindo um mundo melhor. A Igreja lucra um pouquinho, mas o ganho socioambiental é muito maior que qualquer outro”, afirma. Para saber mais informações, o interessado deve entrar em contato através dos telefones (71) 99245-4001 / 99172-0967.

O post Pastoral Cuidadores da Casa Comum amplia projeto de reciclagem na Paróquia Ascensão do Senhor apareceu primeiro em Arquidiocese de São Salvador da Bahia.


Fonte: Noticias da Arquidiocese de Salvador

Artigos relacionados