Arquidiocese de Salvador

Cardeal Dom Sergio da Rocha presidiu Missa pelo 30º do falecimento de monsenhor Walter Jorge

O Arcebispo de Salvador e Primaz do Brasil, Cardeal Dom Sergio da Rocha, presidiu a Missa pelo 30º dia do falecimento do monsenhor Walter Jorge Pinto de Andrade, nesta segunda-feira (28). A Celebração Eucarística, que aconteceu na Basílica Santuário Senhor Bom Jesus do Bonfim, às 8h30, foi concelebrada pelos padres membros do Cabido Metropolitano da Arquidiocese de Salvador. Devido à pandemia, apenas um número reduzido de fiéis teve a oportunidade de participar presencialmente.

Durante a homilia, o Cardeal falou sobre o monsenhor. “Nós bendizemos a Deus pela vida e pelo ministério do monsenhor Walter Jorge, e aqui celebramos o seu 30º dia de falecimento expressando o nosso amor, a nossa estima, a nossa amizade, a nossa gratidão por ele. Mas aqui nos reunimos não só porque no coração trazemos a recordação saudosa da sua presença, com a estima fraterna. Nós aqui nos reunimos, celebrando a Eucaristia, porque cremos que Jesus ressuscitou; cremos na ressurreição de Cristo, na ressurreição dos mortos, na nossa ressurreição futura, na vida eterna. É o que nos move nos momentos mais difíceis da vida, especialmente diante da própria morte: a fé, a confiança, a certeza da ressurreição graças à ressurreição do próprio Senhor”, afirmou Dom Sergio.

Aos 80 anos de vida, 56 anos de sacerdócio e membro do Cabido Metropolitano desde 1991, Monsenhor Walter Jorge voltou para a Casa do Pai em 29 de agosto de 2020, vítima de um câncer no intestino. O sepultamento do sacerdote que se destacou pela dedicação e amor à Igreja aconteceu em 30 de agosto, no Cemitério Jardim da Saudade, em Salvador. Monsenhor Walter Jorge tinha como lema sacerdotal “Para servir a Deus e aos homens” e, além da Arquidiocese de Salvador, exerceu o ministério nas dioceses de Amargosa e de Jequié. Dentre os ofícios exercidos nesta Sé Primacial, ele foi reitor da Basílica Santuário Senhor Bom Jesus do Bonfim (1981-2008), pároco da Paróquia Nossa Senhora da Purificação, em Santo Amaro (2008-2014) e, desde 2015, vigário paroquial da Paróquia Nossa Senhora de Nazaré.

Após a Comunhão Eucarística, o reitor da Basílica do Bonfim, padre Edson Menezes, destacou, brevemente, aspectos da vida e da missão do monsenhor Walter. “Celebrar o 30º dia da morte do monsenhor Walter aqui no Bonfim tem um caráter especial de ação de graças, pois ele serviu nesta Basílica Santuário durante 27 anos. Portanto, quase a metade dos anos do seu sacerdócio foi  dedicado a este Santuário. Durante este período, como ele sempre costumava dizer, fez tudo o que podia e o que estava ao seu alcance, deixando para os seus sucessores a tarefa de dar continuidade ao trabalho, realizando aquilo que ele não teve a oportunidade de fazer. Todos nós sabemos o quanto ele era competente, do seu alto nível intelectual e cultural, da sua vasta experiência pastoral, do seu espírito de colegialidade e fraternidade sacerdotal e de tantos outros dons que sempre colocou à serviço das dioceses por onde passou, do Instituto de Teologia da Universidade Católica do Salvador [UCSal] e de tantas outras instituições da nossa Arquidiocese, da Comissão Nacional do Clero, do Regional Nordeste 3 da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil [CNBB] e da disposição e prontidão para atender a qualquer solicitação dos bispos, de seus colegas presbíteros e de qualquer pessoa que o procurasse solicitando a sua ajuda”, disse.

Fotos: Sara Gomes





















 

 

O post Cardeal Dom Sergio da Rocha presidiu Missa pelo 30º do falecimento de monsenhor Walter Jorge apareceu primeiro em Arquidiocese de São Salvador da Bahia.


Fonte: Noticias da Arquidiocese de Salvador

Artigos relacionados