Arquidiocese de Salvador

São Miguel Arcanjo: Quem como Deus?

Por padre Jaciel Bezerra

É chegado o tempo de toda Igreja rezar, clamar e suplicar a intercessão por meio da Tradicional QUARESMA DE SÃO MIGUEL ARCANJO, para que ele, Príncipe das Batalhas, proteja o povo das armadilhas e ciladas dos espíritos maléficos. Pois bem, o Arcanjo Miguel (ou Arcanjo Michael) é o mais próximo de Deus. Ele é o líder dos Anjos e o Primeiro Príncipe, sendo o maior defensor do Reino Celestial e aquele que combate, ferozmente, qualquer mal. São Miguel Arcanjo, ‘Quem como Deus’? Ninguém! De origem hebraica, simboliza a potência de todo e qualquer combate espiritual.

Vejamos que a maioria das famílias, mesmo as que ainda não sendo católicas, buscam educar seus filhos com o respeito para com os santos e com uma particular devoção; ensina a seus filhos que na história da salvação todo ser tem um amigo que pode ser chamado de Anjo. Nós, católicos, nutrimos uma devoção muito especial ao nosso Anjo da Guarda e, com eles aprendemos a ser mais íntimos de DEUS.

Como sabemos, no calendário ocidental, no dia 29 de setembro, a Igreja celebra, de maneira muito especial, os três arcanjos: Gabriel, Rafael e Miguel. Nesta liturgia, temos como fonte principal o texto do Apocalipse de São João (12,7-12ª), que diz: “7Houve uma batalha no céu: Miguel e seus anjos guerrearam contra o Dragão. O Dragão batalhou, juntamente com os seus anjos, 8mas foi derrotado, e não se encontrou mais um lugar para eles no céu. 9Foi expulso o grande Dragão, a antiga Serpente, que é chamado Diabo e Satanás, o sedutor de toda a terra habitada – foi expulso para a terra, e os seus anjos foram expulsos com ele. 10Ouvi então uma voz forte no céu, proclamando: ‘Agora realizou-se a salvação, o poder e a realeza do nosso Deus, e a autoridade do seu Cristo: porque foi expulso o acusador dos nossos irmãos, aqueles que os acusava dia e noite diante do nosso Deus. 11Eles, porém, o venceram graças ao sangue do Cordeiro e pela palavra do seu testemunho, pois desprezaram a própria vida até a morte. 12aPor isso, alegrai-vos, ó céu, e vós que o habitais! Ai da terra e do mar, porque o Diabo desceu para junto de vós cheio de grande furor, sabendo que lhe resta pouco tempo’”.

Na maioria das vezes, diante das circunstâncias, nos sentimos e ficamos espantados com o que vemos em relação ao poder de Deus em nossas vidas; e ao mesmo tempo devemos ter consciência de que, de fato, nos maravilhamos muito mais, uma vez que não conhecemos quase nada sobre este poder. Uma das grandes manifestações do poder de Deus, e que de fato nos fascina, é a existência dos anjos, essas criaturas maravilhosas que assistem diante de Deus e sempre estão presentes também nas nossas vidas, como é o caso dos arcanjos que festejamos na Igreja e que têm a sua existência e a sua ação descritas nas Sagradas Escrituras.

Estudando o  YouCat (Catecismo Jovem da Igreja Católica), encontramos no número 54 a seguinte passagem: “os anjos são criaturas de Deus, puramente espirituais, que têm inteligência e vontade. Não são corporais nem mortais e, normalmente, não são visíveis. Vivem constantemente na presença de Deus e transmitem aos seres humanos a vontade de Deus e a Sua proteção”. Neste contexto, podemos então entender que estes mensageiros de Deus vivem cotidianamente nos protegendo e nos livrando de todo mal, e, sobretudo, nos guiando para o caminho da santidade. Numa linguagem bíblica, encontramos os três arcanjos de forma simples, mas de relevância para nossa vida, enquanto seres terrenos. Vejamos:

GABRIEL – O ACANJO MENSAGEIRO

Daniel 9, 20-27: “Eu estava ainda falando, proferindo minha oração, confessando meus pecados do meu povo, Israel, e apresentando a minha súplica diante de Iahweh meu Deus, pela santa montanha do meu Deus; eu estava falando, em oração, quando Gabriel, aquele homem que eu tinha notado antes, na visão, aproximou-se de mim, num vôo rápido, pela hora da oblação da tarde”.

Lucas 1, 26-38: “No sexto mês, o anjo Gabriel foi enviado por Deus a uma cidade da Galileia, chamada Nazaré, a uma virgem desposada com um varão chamado José, da casa de Davi; e o nome da virgem era Maria. Entrando onde ela estava, disse-lhe: ‘Alegra-te, cheia de graça, o Senhor está contigo!’”.

RAFAEL – O ACANJO DA CURA

Tobias  5,4-6: “Tobias saiu em busca de alguém que conhecesse o caminho e que fosse com ele à Média. Ao sair, encontrou o anjo Rafael, de pé diante dele; mas não sabia que era um anjo de Deus. Disse-lhe, pois: ‘De onde és, ó jovem?’. Respondeu-lhe: ‘Sou um dos israelitas, teus irmãos, e vim procurar trabalho’. Perguntou-lhe Tobias: ‘Conheces o caminho da Média?’ – ‘Sim’, respondeu ele”.

Tobias 11, 7,8: “Rafael disse a Tobias, antes que ele se aproximasse do pai: ‘Asseguro-te que se abrirão os olhos de teu pai. Unta-lhe os olhos com o fel do peixe e o remédio fará as manchas brancas se contraírem, e elas cairão de seus olhos como escamas. Assim teu pai vai recuperar a vista e verá a luz”.

MIGUEL – O ARCANJO DAS BATALHAS

Judas 1, 9: “E, no entanto, o Arcanjo Miguel, quando disputava com o diabo, discutindo a respeito do corpo de Moisés, não se atreveu a pronunciar uma sentença injuriosa contra ele, mas limitou-se a dizer: ‘O Senhor te repreenda!’”.

Apocalipse 12, 1-18: “Houve então uma batalha no céu: Miguel e seus anjos guerrearam contra o Dragão. O Dragão batalhou, juntamente com seus anjos, mas foi derrotado, e não se encontrou mais um lugar para eles no céu. Foi expulso o grande Dragão, a antiga Serpente, o chamado Diabo ou Satanás, sedutor de toda a terra habitada – foi expulso para a terra, e seus anjos foram expulsos com ele”.

Peçamos a São Miguel Arcanjo e a toda corte celestial que nos ajude a vencer as tentações do inimigo. Amém.

Oração São Miguel Arcanjo

São Miguel Arcanjo, defendei-nos no combate, sede o nosso refúgio contra as maldades e ciladas do demônio. Ordene-lhe Deus, instantemente o pedimos, e vós, príncipe da milícia celeste, pela virtude divina, precipitai no inferno a satanás e aos outros espíritos malignos, que andam pelo mundo para perder as almas.

FONTE:

JERUSALEM, Bíblia. Paulus. 3ªImpressão, 2004.

YOUCAT. Catecismo jovem da Igreja Católica. São Paulo: Paulus, 2011.

QUARESMA, São Miguel Arcanjo. Paulus. 2020.

O post São Miguel Arcanjo: Quem como Deus? apareceu primeiro em Arquidiocese de São Salvador da Bahia.


Fonte: Noticias da Arquidiocese de Salvador

Artigos relacionados