Arquidiocese de Salvador

Convento São Francisco cria campanha de doação de alimentos e roupas para pessoas em situação de rua

Com o objetivo de não desamparar as pessoas que se encontram em situação de rua, principalmente nesse cenário de pandemia do novo coronavírus (Covid-19), os frades do Convento São Francisco solicitam a ajuda do povo de Deus na concretização da campanha “O amor pode tudo transformar”, com doação de alimentos não-perecíveis e roupas masculinas e femininas.
O frei José Edilson, um dos responsáveis pela ação, explica que a ideia de divulgar surgiu na última terça-feira (31), já que semanalmente os frades recebem pães para distribuir, em devoção à Santo Antônio, para os irmãos mais pobres. “Esse movimento já existe há um tempo, mas de uma maneira muito mais discreta. Toda terça-feira nós recebemos pães e roupas para distribuir entre os pobres. Aí pensamos em intensificar essas doações e projetar para que o alcance fosse maior”, disse.
Cerca de 500 quentinhas são entregues semanalmente na Sede do Povo do Movimento de Rua, como é chamado o espaço do convento cedido para que as pessoas se alimentem e tomem banho. No entanto, o que fez com que os frades solicitassem ajuda foi o fato de diversas pessoas terem ficado sem almoço e o lanche nesta semana. “Esse foi um dos motivos que fez com que tomássemos essa decisão e nos mobilizarmos”, destaca o frei ao lembrar do versículo de Mateus 25,35: “Porque tive fome e me destes de comer; tive sede e me destes de beber; era peregrino e me acolhestes”.
Para colaborar com a ação, o interessado deve levar a doação até o Convento São Francisco, localizado no Largo do Cruzeiro de São Francisco, no Pelourinho, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Para dia ou horário diferentes, o doador pode entrar em contato direto com o frei Edilson para marcar a visita através do telefone (71) 99179-9710.

O post Convento São Francisco cria campanha de doação de alimentos e roupas para pessoas em situação de rua apareceu primeiro em Arquidiocese de São Salvador da Bahia.


Fonte: Noticias da Arquidiocese de Salvador

Artigos relacionados