Arquidiocese de Salvador

Obras Sociais Irmã Dulce promovem campanha de distribuição de alimentos para pessoas em situação de rua

Segundo os organizadores da ação, a ajuda aos mais necessitados torna-se ainda mais urgente nesse cenário de pandemia do coronavírus

Santa Dulce dos Pobres continua cada vez mais presente através daqueles que se comprometem em perpetuar seu legado de amor e serviço em favor do pobre, do doente, dos menos favorecidos. O chamado do Anjo Bom da Bahia nunca foi tão importante quanto nos dias atuais, em que, em meio à pandemia do coronavírus e ao isolamento social, a necessidade de ajuda aos mais necessitados torna-se ainda mais urgente. É com este espírito humanitário que as Obras Sociais Irmã Dulce (OSID) vêm promovendo, em uma verdadeira corrente de solidariedade, a distribuição de alimentos para pessoas em situação de rua.

A iniciativa conta com a participação do Santuário Santa Dulce dos Pobres, do Centro de Convivência Irmã Dulce dos Pobres (CCIDP), da rede de voluntárias Amigas de Dulce, da Casa Fraternal São José, de empresários e da sociedade em geral. Graças à união de todos, estão sendo distribuídas 80 quentinhas por dia, com feijão, arroz, macarrão, salada e proteína, além de suco e água mineral, a pessoas em situação de rua. A doação inclui ainda panetones produzidos no Centro de Panificação da OSID, em Simões Filho. A distribuição ocorre de segunda a sexta-feira, nas regiões do Centro Histórico de Salvador e Península Itapagipana.

“Não temos o que comer. Os restaurantes que nos ajudavam estão fechados. Até os carros que paravam para dar a sopa não estão passando”, disse um morador de rua. “Por favor, não deixem de vir aqui”, pediu outro aos colaboradores da OSID num dos primeiros dias da campanha. Os relatos fortalecem o empenho de todos os envolvidos nesta ação, que reflete com fidelidade as palavras de Irmã Dulce: “Quando cada um faz um pouco, o pouco de muitos se soma”.

De acordo com Márcio Didier, gestor do Complexo Turístico Religioso Santa Dulce dos Pobres, essa ação solidária representa “um olhar de continuidade do gesto fraterno da Mãe dos Pobres. Santa Dulce dizia que as Obras eram a porta da esperança, e continua sendo assim”, comenta. Segundo explica, “os colaboradores também vão para as ruas atentos às recomendações dadas pelas autoridades de Saúde nesse período de coronavírus, que pedem a utilização de equipamentos de proteção e o distanciamento necessário de uns para os outros”. Para Andrea Lima, líder do CCIDP, “não há dúvida de que, numa situação dessas, Irmã Dulce estaria na linha de frente, andando nas ruas, procurando aqueles que precisam de ajuda”.

Doações – Para quem quiser ajudar a campanha de distribuição de alimentos às pessoas em situação de rua, a OSID dispõe de contas bancárias para doação. Essa é a melhor forma de apoiar a ação, principalmente nesse momento atual de combate à propagação do coronavírus (Covid-19). “Para doar, não precisa vir às Obras, pois é necessário que todos permaneçam em suas casas”, alerta Didier. A doação em dinheiro pode ser feita em nome das Obras Sociais Irmã Dulce (CNPJ: 15.178.551/0001-17), em qualquer uma das seguintes contas:

  • Banco do Brasil – Ag: 3429; C/C: 157.081-1
  • Bradesco – Ag: 2864; C/C: 12.154-1
  • BNB – Ag: 046; C/C: 12.516-2
  • Caixa Econômica – Ag: 2211; C/C: 333-3; Op. 003
  • Itaú – Ag: 0697; C/C: 96.844-4
  • Santander – Ag: 4109; C/C: 13.000.565-6

O post Obras Sociais Irmã Dulce promovem campanha de distribuição de alimentos para pessoas em situação de rua apareceu primeiro em Arquidiocese de São Salvador da Bahia.


Fonte: Noticias da Arquidiocese de Salvador

Artigos relacionados