Arquidiocese de Salvador

Missas, tríduo e desfile marcam a Festa de Reis em paróquia da Lapinha

De 2 a 4 de janeiro de 2020, os fiéis da Paróquia Nossa Senhora da Conceição (Lapinha) participarão do tríduo em preparação à Festa da Epifania do Senhor – Festa de Reis. Durante estes dias, sempre às 19h30, haverá a reflexão sobre o tema central “Cristãos, vinde todos!” e sobre os subtemas escolhidos para cada noite: “Alegres acorrem ao Rei do céu” (1ª noite), “Sob véus de humildade podemos ver” (2ª noite) e “Nosso afeto lhe vamos dar” (3ª noite).

No dia 5 de janeiro, a comunidade participará de uma programação especial, que terá início com a Missa às 7h30. Já às 11h30 será servido o almoço, e às 18h será celebrada a Missa Solene, seguida, por volta das 19h, da bênção das barracas e a queima das palhas do presépio. Também neste dia acontecerá o desfile dos tradicionais Ternos de Reis, que sairão da matriz, seguirão até a Soledade e retornarão para a Matriz onde aguardarão outros Ternos de Reis de paróquias da Arquidiocese de Salvador.

No dia festivo, 6 de janeiro, haverá a alvorada às 6h e Missa com batizados às 7h30. O ponto alto da festa será a Missa presidida pelo capelão da Marinha, padre Érico Pitágoras, às 19h. É importante ressaltar que todas as noites os fiéis serão convidados a realizar um gesto concreto por meio da doação de copos descartáveis, produtos de higiene pessoal e de limpeza, alimentos não perecíveis e cobertores, que serão destinados para pessoas carentes.

Festa dos Santos Reis

A Solenidade da Epifania do Senhor, também conhecida como “Dia de Reis”, ou “Dia dos Santos Reis”, comemorado em 6 de janeiro, tem origem na tradição católica que lembra o dia que Jesus Cristo, recém-nascido, recebeu a visita de três Reis Magos: Belchior, Gaspar e Baltazar, vindos do Oriente, guiados por uma estrela. Os três Reis Magos levaram a Jesus ouro, incenso e mirra, que representam as três dimensões de Cristo: a realeza, a divindade e a humanidade (o óleo da mirra servia para embalsamar os mortos). Tais presentes simbolizam, ainda, o futuro da missão de Jesus.

A intenção dos evangelistas ao mostrar os magos vindos do Oriente foi ensinar que o Cristo veio não apenas para o povo de Israel, mas para todos os povos e nações do mundo. A festa popular – também conhecida como Folia de Reis – foi trazida ao Brasil pelos colonizadores portugueses e até os dias atuais é tradição em regiões como o Nordeste, São Paulo e Minas Gerais.

O post Missas, tríduo e desfile marcam a Festa de Reis em paróquia da Lapinha apareceu primeiro em Arquidiocese de São Salvador da Bahia.


Fonte: Noticias da Arquidiocese de Salvador

Artigos relacionados