Arquidiocese de Salvador

Festa da Padroeira da Bahia reuniu milhares de fiéis na Basílica Santuário Nossa Senhora da Conceição da Praia

Milhares de fiéis participaram, na manhã deste domingo (8), da Festa de Nossa Senhora da Conceição da Praia, Padroeira da Bahia. A Basílica Santuário dedicada à Virgem Maria, localizada no bairro do Comércio, ficou lotada logo nas primeiras horas da manhã e os devotos participaram das Missas às 5h, 6h, 7h e 8h. “Eu sou muito devota de Nossa Senhora da Conceição e todos os anos eu venho participar para agradecer por tantas e tantas graças alcançadas pela intercessão da Mãe de Jesus e minha Mãe”, afirmou a devota Maria da Conceição Borges.

Às 9h o Arcebispo de Salvador e Prima do Brasil, Dom Murilo Krieger, presidiu a Missa Solene, que foi campal, em frente à Basílica. “A Festa da Imaculada Conceição da Praia faz parte da espiritualidade Mariana. Podemos dizer que aqui na Bahia começou e se expandiu a devoção à Nossa Senhora e por todo o Brasil, por isso é grande a nossa responsabilidade, mas também é grande a responsabilidade da Mãe de Jesus, coroada como Padroeira do Brasil  e ela tem que estender a sua intercessão e proteção para todo este Estado que tanto a ama. Nós agradecemos ao Senhor pela escolha da Mãe para o Seu Filho , e agradecemos ao Seu Filho que nos deu de presente essa Sua Mãe tão querida”, afirmou.

Durante a homilia, Dom Murilo falou sobre a devoção à Nossa Senhora e convocou os fiéis a observarem como eles vêem a Mãe de Jesus. “Hoje queremos olhar para Maria, a Imaculada, a concebida sem pecado, aquela que foi privilegiada da parte de Deus em vista de Seu Filho Jesus. Mas, como queremos vê-la? Com que olhar? Em primeiro lugar, queremos olhar para Maria com o olhar de filhos e filhas. É um privilégio que a gente nem entendeu ainda podermos chamá-la de Mãe. Dizer para ela aquilo que ela ouviu durante 30 anos na casa de Nazaré, e mais os três anos da pregação de Jesus: ‘Mãe, minha Mãe’”, disse.

Este ano os fiéis têm um motivo a mais para comemorar: 470 anos da devoção à Nossa Senhora da Conceição da Praia. “Estamos celebrando a festa jubilar de fé e devoção à Virgem da Imaculada Conceição da Praia, desde o tempo em que não existia a Avenida Contorno, desde o tempo em que a praia batia no pé da montanha,  foi neste tempo que Thomé de Souza mandou construir uma ermida, uma pequena capela”, recordou o reitor da Basílica, padre Adilton Pinto Lopes.

Ao dar a bênção final, Dom Murilo concedeu também a Indulgência Plenária, que é a manifestação da bondade e da misericórdia de Deus Pai em favor de seus filhos. A palavra indulgência também significa clemênciabondade, branduraleveza. É o perdão, a remissão dos pecados que a Igreja concede pelos méritos de Nosso Senhor Jesus Cristo. “Hoje estamos em festa, são 470 anos de fé e devoção à Nossa Senhora da Conceição. Estamos aqui, depois de nove dias, e com muito carinho conseguimos alcançar o nosso objetivo: evangelizar”, disse a juíza da Irmandade Santíssimo Sacramento e Nossa Senhora da Conceição da Praia, Marília Gabriela da Silva Dias.

Após a Celebração Eucarística teve início a procissão com as imagens de Deus Menino, Santa Dulce dos Pobres e Nossa Senhora da Conceição da Praia que estava em um andor ornamentado com rosas nas cores rosa e branca. “É muita emoção poder estar aqui hoje. Eu cheguei cedo e quero ficar o dia todo, até a Missa da Amizade que vai acontecer às 15h”, disse o devoto José Manoel da Silva.

Texto e fotos: Sara Gomes















































O post Festa da Padroeira da Bahia reuniu milhares de fiéis na Basílica Santuário Nossa Senhora da Conceição da Praia apareceu primeiro em Arquidiocese de São Salvador da Bahia.


Fonte: Noticias da Arquidiocese de Salvador

Artigos relacionados