Arquidiocese de Salvador

Convênio para a Missa pós-canonização de Irmã Dulce na Arena Fonte Nova foi assinado nesta sexta-feira (19)

O convênio para a realização da primeira missa, em solo brasileiro, em homenagem à Irmã Dulce, pós-canonização, foi assinado na tarde desta sexta-feira (19). A Celebração Eucarística que reunirá milhares de fiéis acontecerá oito dias após o Anjo Bom da Bahia ser elevado à honra dos altares, portanto, no dia 20 de outubro, às 16h, na Arena Fonte Nova, em Salvador.

Para a assinatura do documento estiveram presentes o Arcebispo de Salvador e Primaz do Brasil, Dom Murilo Krieger; a superintendente das Obras Sociais Irmã Dulce (OSID), Maria Rita Pontes; o presidente da Arena Fonte Nova, Dênio Cidreira; o secretário estadual do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte, Davidson de Magalhães; o secretário municipal de Cultura e Turismo, Cláudio Tinoco e o presidente da Associação Comercial da Bahia, Mário Dantas.

“Desde o início da notícia de possível canonização, eu tinha uma consciência muito clara: esse evento não é da Igreja Católica exclusivamente, porque representa aquilo que foi Irmã Dulce: uma pessoa aberta que nas suas obras nunca perguntou de que religião, de que raça, de que lugar, de que cidade a pessoa veio. Se era uma pessoa necessitada, ela acolhia. E ela entrou, por isso, no coração do povo. Então a gente começou a perceber, à medida em que as notícias foram se multiplicando sobre a canonização, o quanto realmente ela é de todos. E é muito significativo isso, inclusive aqui na mesa com a representação municipal, estadual, representante do comércio, e neste lugar que é muito significativo, que é um pouco o cartão-postal da cidade; aqui nós queremos acolher o Brasil”, afirmou Dom Murilo.

De acordo com o presidente da Arena Fonte Nova, o espaço estará disponível e preparado para receber a multidão de devotos no dia 20 de outubro. “Há cerca de dois meses, eu comecei a conversar com Maria Rita sobre a hipótese de fazermos aqui na Arena Fonte Nova algo simbólico, que seja marcante para a Bahia, para o Brasil e para o mundo inteiro. Lembrando que a primeira parceria que a Arena Fonte Nova fez foi exatamente com as Obras Sociais Irmã Dulce, ainda na época da sua implantação. Então, a celebração irá acontecer em um bom local e digo que nós somos abençoadas por Irmã Dulce desde a época da inauguração e agora seremos abençoados por Santa Dulce dos Pobres e ela, certamente, em suas obras vai contar sempre conosco nos serviços prestados”, disse Dênio Cidreira.

Representando o Governador da Bahia, Davidson Magalhães afirmou que a canonização de Irmã Dulce é, também, o reconhecimento de alguém que dedicou toda a vida aos pobres. “Estamos muito felizes por esse ato de fé e pelo reconhecimento de Irmã Dulce. O momento que nós estamos vivendo no Brasil e no mundo é marcado pela falta da fraternidade, pelo discurso fácil, pela ausência do testemunho; e Irmã Dulce é exatamente o contrário. Ela é toda a simplicidade do testemunho e da dedicação ao próximo. Esse reconhecimento do Vaticano não vai apenas santificar Irmã Dulce, mas coroar o seu exemplo. É muito importante, principalmente, porque neste momento nós precisamos muito mais de exemplos e de referência”, afirmou.

Sobre a Celebração, Maria Rita lembrou que é importante que os fiéis cheguem cedo à Arena. “Queria aproveitar para fazer um pedido: que as pessoas cheguem cedo, não cheguem em cima da hora da missa de agradecimento. Para que a gente possa testemunhar o exemplo de Irmã Dulce, o exemplo de vida, nós vamos ter uma peça que vai ser encenada por 500 alunos do Centro Educacional Santo Antônio. Eles começaram a ensaiar bem antes porque era uma peça para as comemorações pelos 60 anos das Obras Sociais. E essa peça “O Império do Amor” acaba sendo a peça que vai anteceder a missa de agradecimento. Vai começar por volta das 14 horas, então seria bom que todo mundo chegasse cedo para assistir, prestigiar esses alunos que vão mostrar para o mundo um pouco dessa história de Irmã Dulce. E nessa peça nós vamos ter também algumas atrações, como eu já disse, pessoas engajadas na história dela, artistas que virão para dar o seu testemunho e também fazer mais bonito esse espetáculo”, contou.

Fotos: Sara Gomes












O post Convênio para a Missa pós-canonização de Irmã Dulce na Arena Fonte Nova foi assinado nesta sexta-feira (19) apareceu primeiro em Arquidiocese de São Salvador da Bahia.


Fonte: Noticias da Arquidiocese de Salvador

Artigos relacionados