Arquidiocese de Salvador

Debate promovido pelo Instituto da Família abordou o tema “O Papa Francisco e a Família na atualidade”

Agentes da Pastoral Familiar, estudantes e pesquisadores do tema “Família” participaram, nesta quarta-feira (29), do debate “O Papa Francisco e a Família na atualidade”, promovido pela seção brasileira do Pontifício Instituto Teológico João Paulo II para as Ciências do Matrimônio e da Família. O evento, que teve início às 19h25, aconteceu no Centro Arquidiocesano de Pastoral – Cúria Bom Pastor (Garcia).

Estiveram presentes o Arcebispo de Salvador e Primaz do Brasil, Dom Murilo Krieger; o presidente da sede central do Instituto, monsenhor Pierangelo Sequeri; o diretor geral da seção brasileira, Dom Giancarlo Petrini; o secretário da Pontifícia Academia para a Vida, padre Andrea Ciucci; e o diretor executivo, padre Rafael Fornasier. “Reflexões como a dessa noite são uma oportunidade para tomarmos consciência da importância daquela que é a matéria e mostrar que, no meio de tanta confusão no mundo, mais e mais se faz necessária a presença científica, com conhecimento, de pessoas que são capazes de dar uma contribuição positiva para a construção da família segundo os planos de Deus”, afirmou Dom Murilo.

Ao iniciar as reflexões, Dom Murilo falou sobre as Novas Diretrizes da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil, aprovadas durante a 57ª Assembleia Geral da CNBB, que aconteceu em Aparecida no início do mês de maio. Na ocasião, o Arcebispo leu um trecho do texto que destaca a importância da casa e da construção da família. “Cada vez mais, a gente percebe, justamente por causa dos problemas que enfrentamos no mundo, o valor da casa, isto é, da família, o espaço da família. No mundo que desintegra tantas pessoas, é cada vez mais necessário aquele espaço onde as pessoas relaxam, se sentem à vontade e sabem que não serão julgadas pelo ter ou pelo fazer. Portanto, trabalhar esta questão da família é dar uma resposta a este aspecto de toda a história da Igreja, que sempre valorizou, desde o início, a casa, o ambiente familiar, o ambiente da família”, disse.

O segundo convidado foi o padre Andrea Cucci, representando Dom Vicenzo Paglia, que abordou as implicações eclesiológicas de Amoris Laetitia – Exortação Apostólica do Papa Francisco sobre o “Amor na Família”. “Amoris Laetitia não quer simplesmente estabelecer uma nova estratégia pastoral para as famílias, pede muito mais: adquirir a todos – clero, religiosos e leigos – uma nova maneira de ser Igreja no mundo. Se trata de realizar uma verdadeira conversão pastoral”, afirmou.

Padre Andrea falou, ainda, sobre a missão da Pastoral Familiar, afirmando que “não é suficiente reorganizar a Pastoral Familiar. Há uma necessidade de muito mais: tornar familiar toda a pastoral, ou melhor, tornar familiar toda a Igreja”, disse.

Ainda sobre a missão da Pastoral Familiar, Dom Giancarlo Petrini chamou atenção para a necessidade de se despertar nos mais novos os verdadeiros valores familiares. “Qual é a nossa tarefa, por exemplo, enquanto Pastoral Familiar? É que as famílias deem as razões de o porquê vale a pena casar, o porquê vale a pena gerar filhos e o porquê vale a pena ter a própria família como uma abertura para a multiplicidade de amor”, disse Dom Giancarlo Petrini

De acordo com o monsenhor Pierangelo Sequeri, existe uma divisão que coloca o casal no centro e deixa de lado uma visão mais ampla de toda a família. “Houve uma separação: de um lado, a família se tornou cada vez menor, menos importante e cresceu o casal em todas as direções entre eles. Esse é o verdadeiro desafio de hoje: reconectar estas duas coisas”, disse.

Fotos: Sara Gomes




















 

O post Debate promovido pelo Instituto da Família abordou o tema “O Papa Francisco e a Família na atualidade” apareceu primeiro em Arquidiocese de São Salvador da Bahia.


Fonte: Noticias da Arquidiocese de Salvador

Artigos relacionados