Arquidiocese de Salvador

Padres renovaram Promessas Sacerdotais em Missa da Unidade

Catedral Basílica ficou lotada

Por volta das 7h30 desta Quinta-feira Santa (18), padres e diáconos da Arquidiocese de Salvador começaram a chegar à Igreja São Domingos de Gusmão, localizada no Terreiro de Jesus, onde se prepararam para a Missa da Unidade. Pontualmente, às 8h30, os sacerdotes seguiram em procissão até a Catedral Basílica, onde teve início a Celebração Eucarística, também chamada de Missa da Renovação das Promessas Sacerdotais e dos Santos Óleos.

Presidida pelo Arcebispo de Salvador e Primaz do Brasil, Dom Murilo Krieger, a Missa da Unidade foi concelebrada pelos bispos auxiliares de Salvador, Dom Marco Eugênio Galrão e Dom Hélio Pereira dos Santos; pelo bispo emérito da Diocese de Itabuna, Dom Ceslau Stanula; pelo bispo emérito de Ponta de Pedras, no Pará, Dom Alessio Saccardo, SJ; e por padres da Arquidiocese de Salvador.

De acordo com Dom Murilo, para estar em unidade com cristo, o padre deve estar em unidade com os irmãos de sacerdócio “Celebramos a Missa da Unidade para lembrar o dia da Instituição do Sacerdócio e em função da Eucaristia; o sacerdócio foi instituído por causa da Eucaristia: ‘Fazei isso em memória de mim’. Unidos em torno de Cristo, nós somos chamados a nos unir também entre nós. Não há unidade com Cristo se não houver unidade entre nós”, afirmou.

É nesta celebração que os padres renovam as Promessas Sacerdotais, feitas por cada um no dia em que receberam a Ordenação Sacerdotal, para que assim continuem sendo um testemunho da salvação de Jesus Cristo. “É um momento especial, porque nós renovamos o ministério e o nosso desejo sincero de continuar. Isso revela que somos um presbitério, um clero unido e homens que querem cada vez mais servir à Igreja e continuar trabalhando em favor do povo de Deus”, afirma o padre Lázaro Silva Munida, pároco da Paróquia Santa Cruz.

Aos fiéis presentes, Dom Murilo perguntou se continuam rezando pelos presbíteros, e eles responderam: “Cristo ouvi-nos, Cristo atendei-nos”. Dom Murilo também pediu orações por ele e pelo Arcebispo Emérito da Arquidiocese de Salvador, Dom Geraldo Majella Agnelo.

Dom Murilo abençoou os óleos dos catecúmenos e consagrou o óleo do Crisma

Após a renovação das Promessas, três ânforas contendo azeite de oliva foram conduzidos por diáconos até o altar. O óleo dos catecúmenos, utilizado no Batismo e na Unção dos Enfermos, foram abençoados por Dom Murilo. Já o óleo do Crisma foi consagrado. A este, Dom Murilo misturou bálsamo perfumado, que significa a plenitude do Espírito Santo e, logo em seguida, soprou sobre o óleo. Além do Sacramento da Confirmação, o óleo consagrado também é utilizado para ungir a fronte do batizado, na Ordenação Episcopal, Ordenação Sacerdotal, dedicação de uma Igreja e na consagração de um altar.

A Missa da Unidade foi animada pelo Coral Nossa Senhora da Conceição, dos Arautos do Evangelho. “Vieram padres de todas as paróquias, de comunidades religiosas. Foi uma Missa bonita de fé e de amor. Eu tenho certeza que uma bênção especial desceu hoje sobre os padres, os diáconos e os seminaristas. O Senhor é que quer reanimá-los para que sirvam cada vez melhor”, disse Dom Murilo.

Texto e fotos: Sara Gomes / Emilly Lima








































































































O post Padres renovaram Promessas Sacerdotais em Missa da Unidade apareceu primeiro em Arquidiocese de São Salvador da Bahia.


Fonte: Noticias da Arquidiocese de Salvador

Artigos relacionados