O deputado estadual e presidente da Comissão da Saúde na Assembleia Legislativa da Bahia, deputado Alex da Piatã (PSD), durante seu discurso na audiência pública que discutia os gargalos da regulação no âmbito estadual, afirmou que de nada adianta ao governo ampliar leitos hospitalares se as causas dos problemas não forem tratadas.

“Sobre a regulação, eu quero me ater a um só motivo que eu sei que existem vários, desde tecnologia, informação, gestão de todo o processo, a oferta de leitos... tudo isso estamos vendo e fazemos a seguinte pergunta: como estão aumentando tanto as ofertas de leitos e estamos com o mesmo problema? Sempre nas viagens com o governador e o secretário em relação às causas. Se a gente não atacar as causas não adianta ofertar vaga o tempo todo”, disse na manhã desta segunda-feira (10). 

“Podemos citar vários e quero insistir em uma causa que eu acredito ser a principal do nosso problema na regulação: os acidentes de motos. É impressionante! Tem gente que não tem ideia do que vemos no interior de sexta à noite a domingo de madrugada. É uma chuva de ocorrência de acidente de moto”, reiterou. 

O pessedista também ressaltou que pelos hospitais que tem passado busca perceber quais são os principais problemas causadores dos preenchimentos de vagas nas unidades e os acidentes de moto lideram. Para ele de nada adianta a melhoria se não houver a prevenção. 

A audiência, de autoria do deputado José de Arimateia (PRB), contou com a presença do secretário da Saúde da Bahia, Fábio Villas Boas.