“Nesse momento, nós temos que trabalhar para superar a crise econômica. Sobre as eleições, nós não sabemos nem quais serão as regras do jogo”, afirmou o governador Rui Costa em sua chegada para os festejos do Dois de Julho, no bairro da Lapinha, na manhã deste domingo (2). Rui destacou que o foco tem sido trabalhar para fazer a Bahia continuar enfrentando a crise sem comprometer a realização de obras e nem as finanças do Estado. “Vamos trabalhar para que o país reencontre seu caminho e o povo volte a ter confiança no Brasil”, acrescentou. 

Na fala à imprensa antes do hasteamento das bandeiras, Rui afirmou que “o sentimento de independência é de respeito à vontade popular e isso foi rasgado quando retiraram Dilma”. Sobre a data cívica, Rui afirmou que o Dois de Julho “nunca esteve tão atual. O Brasil passa por uma crise profunda e os valores fundamentais do Dois de Julho estão presentes hoje. É preciso que se respeite sempre a vontade popular, que se trabalhe respeitando o futuro brasileiro e baiano. O povo baiano consolidou a democracia e a independência”.