Nesta quinta-feira, dia 15 de junho, a Igreja celebra a Solenidade de Corpus Christi (Corpo e Sangue de Jesus Cristo). Na Arquidiocese de Salvador, o Arcebispo de Salvador e Primaz do Brasil, Dom Murilo Krieger, presidirá a Missa campal em frente à Igreja São Pedro dos Clérigos (Terreiro de Jesus), às 8h.

Após a Celebração Eucarística, os fiéis sairão em procissão do Centro Histórico, passando pela praça Municipal, rua Carlos Gomes, até a praça do Campo Grande, onde será dada a bênção final. Durante todo o percurso, Dom Murilo carregará o ostensório com o Santíssimo Sacramento.

Embora, neste dia, as paróquias da Arquidiocese contem com programações próprias para celebrar a Solenidade de Corpus Christi, todas elas, os grupos, movimentos, pastorais, irmandades e associações são convocados a participar da celebração no centro da cidade, e a levar faixas e estandartes.

O fato será transmitido ao vivo pela Rede Excelsior de Comunicação, a partir das 8h, tendo como âncoras da transmissão Victor Pinto e Aidil Brites e como repórteres Renê Vilela e Reis Moura. 

Preparação

Em preparação à Solenidade, as igrejas do Centro Histórico realizam adoração ao Santíssimo Sacramento. Na igreja Nossa Senhora da Ajuda a adoração acontece nos dias 12, 13 e 14 de junho, das 11h às 12h15, sempre seguida de Missa. Já na igreja São Pedro dos Clérigos a adoração acontece das 14h às 16h15, também seguida de Missa. No dia 13 haverá adoração ao Santíssimo nas igrejas Santo Antônio Além do Carmo e São Francisco, ambas das 15h às 16h30; na Basílica Santuário Nossa Senhora da Conceição da Praia, das 15h às 17h30; e na igreja Nossa Senhora do Rosário dos Pretos, das 16h30 às 18h, seguida de Missa. No dia 14 de junho a adoração será na igreja São Domingos de Gusmão, das 16h às 18h, também seguida de Missa.

Corpo e Sangue de Cristo

Originada no ano de 1243, em Liège, na Bélgica, quando a freira Juliana de Cornion teve visões de Cristo pedindo-lhe que a Eucaristia fosse celebrada com destaque, a Solenidade de Corpus Christi teve início somente no ano de 1264, por meio da bula Transiturus de hoc mundo, instituída pelo Papa Urbano IV. No ano de 1269, a solenidade foi oficialmente decretada. “Nós, da Arquidiocese de São Salvador da Bahia, temos um compromisso especial com Jesus Eucarístico: esta foi a primeira cidade do Brasil a organizar e promover a solenidade de Corpus Christi. Aqui aconteceu, pela primeira vez em nosso país, a já tradicional procissão ligada a essa solenidade. Nossa cidade foi o altar onde Jesus, pela primeira vez, foi adorado solenemente!”, afirma Dom Murilo.

No Brasil, a primeira manifestação pública de louvores à Eucaristia aconteceu na cidade de Salvador, no ano de 1549. De acordo com o calendário litúrgico, a Solenidade de Corpus Christi acontece sempre na quinta-feira seguinte à festa da Santíssima Trindade. Contudo, é importante lembrar que o dia de comemoração do Sacramento da Eucaristia é a Quinta-feira Santa, dia em que foi instituída, enquanto que a festa de Corpus Christi se constitui como uma reduplicação da mesma.

Texto e foto: PASCOM Arquiprimaz