Ao Vivo
 
 
Siga ao vivo

Cidades

Operação da Polícia Rodoviária intensifica fiscalização na BA-099

Operação da Polícia Rodoviária intensifica fiscalização na BA-099

A mais movimentada rodovia estadual, BA-099, popularmente conhecida como Linha Verde, teve, neste último final de semana, medidas preventivas reforçadas através da ação Paz nas Estradas, que faz parte da Operação Intensificação. Militares do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv) espalharam as viaturas em pontos estratégicos e fizeram abordagens a veículos, checando documentação, realizando revistas, além da utilização do bafômetro e radar móvel. Entre sexta até o início da tarde de domingo, até o início da tarde, 1.605 motoristas foram flagrados pelo radar móvel dirigindo acima da velocidade permitida. Um homem foi conduzido para a Delegacia Territorial de Vilas de Abrantes, após ser pego no bafômetro. Outro condutor se recusou a assoprar, teve a Carteira Nacional de Habilitação recolhida e multa aplicada. Seis veículos foram retidos por irregularidades nos itens de segurança e problemas com a documentação. "Escolhemos a Linha Verde pelo grande fluxo de veículos. Alguns criminosos utilizam esse percurso e estaremos sempre com a guarda alta", destacou o comandante da 1ª Companhia (Simões Filho), capitão João Daniel. Já o comandante do 2º Pelotão da 1ª Cia, tenente Rafael Nabuco, que coordenou as equipes no solo, orientava os motoristas para a não utilização de bebida alcoólica, trafegar com os faróis acesos e redobrar a atenção durante o inverno, período mais chuvoso. "Agradecemos a colaboração da maior parte dos motoristas que elogiou a presença e as abordagens. As blitzes ampliam a sensação de segurança e inibem crimes", finalizou.
Fábio Mota afirma que Prefeitura ajuda mais o metrô do que o estado

Fábio Mota afirma que Prefeitura ajuda mais o metrô do que o estado

Secretário municipal de Mobilidade, Fábio Mota afirmou hoje, na Lapinha, no início das homenagens à Independência da Bahia, que a Prefeitura está mais preocupada com o êxito do metrô do que o governo do estado. "Queremos fazer a integração plena do metrô com os ônibus urbanos. E temos avançado nesse sentido. Mais de 48% das linhas estão integradas. Todas as linhas que servem à Estação da Lapa, a maior de Salvador, já estão 100% integradas. E vamos continuar defendendo que o cidadão possa pegar dois ônibus e o metrô pagando uma única tarifa. Digo que estamos mais preocupados em fazer do metrô um sucesso de público do que o próprio estado", frisou.  Fábio Mota lembrou que a abertura da Estação Pirajá foi mais um pedido do governo do estado atendido e que é fundamental para a operação do metrô. "Estamos honrando nossos compromissos assumidos e evitando politizar um assunto que é sério e importante para a cidade. Foi o prefeito ACM Neto que, em 2013, destravou o metrô, ao repassar o sistema para o estado e investir R$2,5 bilhões para viabilizar as obras num período de dez anos, entre isenções e cessão de patrimônio. Ou seja, queremos que o metrô seja cada vez mais utilizado e de forma integrada com os ônibus", salientou.