Palavra do Pastor

“Este é meu Filho. Escutai-o!”

Um dia, em um alto monte, as vestes de Jesus tornaram-se “tão brancas como nenhuma lavadeira sobre a terra poderia alvejar” (Mc 9,4). Apareceram, naquele momento, Elias e Moisés, que falavam com ele. Pedro se entusiasmou tanto com o acontecimento que propôs que fossem feitas ali três tendas; era seu desejo ficar naquele lugar, numa contemplação que nunca tivesse fim. De repente, ouviu-se uma voz, vinda de uma nuvem: “Este é o meu Filho amado. Escutai o que ele diz!”.

Por ocasião da Transfiguração de Jesus no Monte Tabor, transpareceu a divindade de Jesus – aquele mesmo Jesus que um dia passara em suas vidas e os convidara a segui-lo para serem pescadores de homens. A partir daí, Jesus comia com eles, manifestava cansaço, alegria e dor, escutava-os, rezava com eles. Mas, quem era ele? Era Deus! Então, como entender seu jeito tão humano de ser? Era homem! Como, então, compreender seus milagres e suas palavras tão sábias?

Um dia o Senhor Jesus passou também em sua vida. Você começou a segui-lo. Diante de cada experiência no campo da fé, de problemas ou momentos de sofrimento que enfrentou, renovou-se em seu coração a pergunta: Quem é Jesus Cristo? Se você perguntar ao Pai quem é Jesus, Ele lhe dirá: “É o meu Filho amado”. Você tem, pois, um irmão que é muito amado pelo Pai. Um irmão a quem deve escutar: “Escutai o que ele diz!”.

Você conhecerá quem é Jesus Cristo na medida em que o escutar. Então, como os apóstolos que participaram da Transfiguração, será sua testemunha, anunciando aquilo que você viu e ouviu.

Dom Murilo S.R. Krieger, scj
Arcebispo de São Salvador da Bahia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *