Editoriais

Vocação e Missão da Família Excelsior

Vocação e missão não são realidades isoladas, pelo contrário, uma é consequência da outra. Derivada do latim “vocare”, que significa “chamar, convocar, escolher”, a palavra vocação pode ser definida como o chamado de Deus para servi-Lo no irmão. O serviço acontece através de uma missão específica, confiada pelo próprio Pai.

Como está escrito em Efésios 4, 11.12: “O Senhor concedeu a uns para serem apóstolos, a outros profetas, a outros evangelistas, a outros pastores e mestres, para aperfeiçoar os santos em vista do ministério, para a edificação do Corpo de Cristo”.

E tudo isso tem início no batismo, quando a pessoa é chamada a conhecer Jesus e a Ele assemelhar-se por meio da Palavra de Deus. É dessa forma, aprendendo d’Ele a crescer em amor e fé, que o batizado é preparado para dizer ‘sim’ à missão que lhe é confiada, quer seja na família, no sacerdócio, na vida consagrada ou no laicato atuante e fiel.

O importante é que a missão seja abraçada com o compromisso de amar o outro de acordo com o modelo deixado por Jesus, fazendo aos seus semelhantes somente aquilo que gostaria que fosse feito a si próprio. Como o próprio Cristo ensinou: “Este é o meu mandamento: amai-vos uns aos outros, como eu vos amo. Ninguém tem maior amor do que aquele que dá a sua vida por seus amigos. Vós sois meus amigos se fazeis o que vos mando”, disse Ele em João 15, 12-14.

E qual a missão da Família Excelsior se não a de anunciar esse amor e levar para um grande número de pessoas os mandamentos de Jesus? São esses mandamentos que libertam o homem do pecado, fazendo-o ser sal da terra e luz do mundo, como pede o próprio Jesus, pedido esse lembrado pela Santa Igreja nesse ano especialmente dedicado ao laicato.

E é na condição de cristão leigo que o integrante da Família Excelsior cumpre um importante papel como vocacionado que é: evangelizar para tirar pessoas das trevas, mostrando a grande luz que é Jesus Cristo.

Ao anunciá-Lo através dos microfones e redes sociais da Rede Excelsior, a Família Excelsior permite que um número cada vez maior de pessoas tornem-se, com o tempo, semelhantes ao Filho de Deus, assumindo a sua identidade como foi chamado a fazer no batismo.

É por isso que, quando uma pessoa diz sim à missão de evangelizar, tornando-se membro ou convidando mais alguém para fazer parte da Família Excelsior, ela está confirmando que escutou o chamado de Cristo e quer fazer com que o seu próximo O escute também e d’Ele dê testemunho.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *